close
logorovivo2

RESGATADOS: Quatro dias após queda de avião, pilotos passam por cirurgias

Os dois estão bastante machucados, porém, lúcidos e felizes; os dois tiveram fraturas nos membros inferiores

O LIVRE

5 de Dezembro de 2018 às 09:44

RESGATADOS: Quatro dias após queda de avião, pilotos passam por cirurgias

FOTO: (Divulgação)

Os pilotos Marcelo Balestrin e John Cleiton Venera, resgatados no fim da tarde dessa terça-feira (04) depois de quatro dias da queda de um avião monomotor em que os dois estavam, passaram por cirurgias entre a madrugada e a manhã desta quarta-feira (05) no Hospital Santa Rosa, em Cuiabá.

 

Marcelo e John estavam desparecidos desde a última sexta-feira (30), quando a aeronave em que estavam caiu na Serra do Mangaval (a 150 km de Cuiabá). As buscas aos dois tiveram início no sábado (1º), mas precisaram ser interrompidas várias vezes, devido ao mau-tempo.

 

 

Assim que resgatados, os pilotos foram encaminhados para o Pronto-Socorro de Várzea Grande e, depois, transferidos para o hospital particular Santa Rosa.

 

 

Os dois sofreram fraturas nas pernas – John em uma e Marcelo nas duas -, além de cortes no rosto e escoriações pelo corpo. Um deles chegou a ser levado para a sala de cirurgia com um dos pés virado.

 

Funcionários do Hospital Santa Rosa disseram ao LIVRE que as cirurgias tiveram início por volta das 3 horas desta madrugada. Os pilotos estavam, desde o resgate, lúcidos e felizes. “Um foi para o centro cirúrgico até mesmo rindo, conversando”, disse um funcionário que não pôde se identificar.

 

Ainda não há informações sobre o atual estado de saúde dos dois. Eles chegaram ao hospital bastante machucados, mas bem.

 

No Facebook, familiares agradeceram às orações e ao trabalho da Força Aérea Brasileira, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. O irmão de Marcelo, Volnei Balestrin, publicou:

 

Quero agradecer primeiramente a Deus e a todos os envolvidos nos resgates do meu irmão Marcelo Balestrin e do seu colega Jhon Venera. Obrigado Forca Aérea Brasileira, Corpo de bombeiros, Polícia Militar e todos meus amigos e familiares pelos compartilhamentos de minhas publicações e mensagens de apoio. Eles estão vivos e bem, graças a Deus. Deus abençoe vocês”.

 

 

Outro caso

 

Há pouco mais de um mês, no dia 03 de janeiro, outra aeronave caiu em Mato Grosso e o piloto, Maicon Semencio Esteves, de 27 anos, também sobreviveu à queda e foi encontrado quatro dias após o acidente. O caso foi considerado um milagre.

 

O avião agrícola pilotado por Maicon caiu em uma região de mata de uma fazenda em Peixoto de Azevedo (675 km de Cuiabá). O piloto foi encontrado quatro dias depois, em uma força tarefa realizada por militares e trabalhadores rurais, com leve desidratação, queimaduras nos braços, nas mãos e no rosto, e machucados nos pés, causados pela extensa caminhada ao procurar pela estrada e por ajuda.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS