close
logorovivo2

VISIBILIDADE: Acadêmicos desenvolvem projeto para valorização de produtos rondonienses

A ideia é que os produtos sejam identificados e indicados de qualquer lugar do país ou do mundo

ASSESSORIA

3 de Dezembro de 2018 às 15:34

VISIBILIDADE: Acadêmicos desenvolvem projeto para valorização de produtos rondonienses

FOTO: (Assessoria)

Com o objetivo de valorizar e dar visibilidade a produtos presentes nas gondolas dos supermercados e que são produzidos em Rondônia, alunos do núcleo de Negócios da Faculdade Sapiens lançaram o projeto 'É de Rondônia'. A ideia surgiu em sala de aula após a observação da falta de conhecimento da origem dos produtos encontrados nas prateleiras.

 

A discussão foi levantada dentro da disciplina de Marketing Digital, ministrada pelo professor Andrews Botelho, e reúne alunos de Administração, Contábeis, Marketing, Comércio Exterior, Sistemas de Informação e Jogos Digitais.

 

Caio Miguel é acadêmico de Administração e explica que a ideia é envolver a população na identificação destes produtos. “Muitas vezes somos surpreendidos ao descobrir que uma marca que já consumimos é do nosso estado. O movimento visa a valorização e o reconhecimento popular desses produtos”, explica.

 

Este trabalho se dá em duas formas. A primeira, incentivando o consumidor a identificar e divulgar os produtos por meio das redes sociais usando a hashtag #ÉdeRondônia. O segundo passo é direcionar, por meio de QR code, o consumidor a material audiovisual que conta a história de quem produz e todo o processo até o produto chegar às gondolas; e também pontos turísticos, circuito gastronômico, entre outros serviços.

 

E o projeto não se restringe apenas ao comércio dentro do Estado. A ideia é que os produtos sejam identificados e indicados de qualquer lugar do país ou do mundo. “A ideia é que se torne realmente um movimento. Se uma pessoa está no Paraná, por exemplo, comprou uma carne de Rondônia, tira a foto e usa a hashtag. E assim em outros países também. Cidadãos comuns engajados em valorizar os produtos da nossa terra”, salienta o professor Andrews.

 

Para acompanhar e contribuir com movimento, sigo o 'É de Rondônia' por meio dos perfis nas redes sociais e utilize a #ÉdeRondônia.

 

No Instagram: www.instagram.com/ederondonia

No Facebook: www.facebook.com/ederondonia

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS