close
logorovivo2

FILIADOS: Sindsef conclui Curso de Formação Político Sindical

O curso de formação político sindical é um anseio antigo dos filiados e foi muito bem recepcionado pelos inscritos

ASSESSORIA SINDSEF

12 de Novembro de 2018 às 17:56

FILIADOS: Sindsef conclui Curso de Formação Político Sindical

FOTO: (Divulgação)

Neste sábado (11), o Sindicato dos Servidores Públicos Federais em Rondônia, concluiu o curso de formação Politico Sindical oferecido aos seus filiados da capital e interior. Segundo Herclus Coelho, coordenador do evento, o curso teve como objetivo central, formar lideranças para atuarem nas suas bases como formadores de novas  lideranças.

 

O curso de formação político sindical é um anseio antigo dos filiados e foi muito bem recepcionado pelos inscritos, apresentando uma desistência abaixo de 25%. Foram certificados aproximadamente 70 cursistas, o curso foi dividido em 4 módulos, ministrados nos meses de Fevereiro, Maio, Agosto e Novembro do corrente ano.

 

 

 

 

O conteúdo programático, entre outros temas, abordou a realidade do Estado brasileiro, do serviço público e dos servidores públicos federais; apresentou a história e o processo de organização do Movimento Sindical no Brasil; encaminhou temas relacionados à metodologia, didático e procedimentos pedagógicos para formação sindical de trabalhadores; organização e prática do processo formativo e atividades formativas para multiplicação da base.

 

 

 

 

Participaram do curso, membros da Diretoria Executiva, Conselho Fiscal, Coordenações Municipais e delegados de base dos órgãos federais de Rondônia. O último módulo do curso foi concluído sob elogios à coordenação do evento e encerrado com um almoço de confraternização.  A formação foi ministrada pelo professor Helder Molina, professor da UERJ, sob a coordenação do Professor Herclus Coelho, Diretor da Secretaria de Formação Sindical do Sindsef.

 

Vários cursistas solicitaram que novos cursos sejam oferecidos, inclusive no interior, como forma de preparação, da base sindical, para enfrentamento das investidas de retirada de direitos que o governo acena para o final de 2018 e 2019.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS