close
logorovivo2

Cônsul-Geral da Itália dá posse a Vice Cônsul em Rondônia

O encontro contou com a presença de autoridades do Estado, civis, militares e empresários  numa recepção feita em frente ao Consulado.

RONDONIAOVIVO

20 de Março de 2018 às 16:39

Cônsul-Geral da Itália dá posse a Vice Cônsul em Rondônia

FOTO: (Rondoniaovivo)

Na noite de segunda-feira(19/03), aconteceu a solenidade de inauguração do Vice-Consulado da Itália, em Porto Velho. O encontro contou com a presença de autoridades do Estado, civis, militares e empresários  numa recepção feita em frente ao Consulado, localizado na rua Duque de Caxias, entre Presidente Dutra e Rogério Weber, bairro Caiari.

 

O empresário Cláudio Alfredo Guastella foi empossado no cargo vitalício pelo Cônsul-Geral italiano, Michel Pala. A abertura do consulado em Rondônia foi autorizada pelo cônsul-geral, em abril de 2017, após visita à Porto Velho.

 

Michel conferiu a importância do estado no contexto social e econômico, além de atender a uma 'exigência' de italianos e italodescendentes, especialmente no sul rondoniense.

 

Em seu discurso de posse, Cláudio Guastella destacou a importância dos italianos no desenvolvimento econômico do País, sobretudo, na agricultura. “Vários estados brasileiros com grande vocação e prosperidade econômica agrícola deve muito aos imigrantes italianos”, lembrou ele. 

 

No seu discurso de posse, Cláudio Guastella lembrou também da presença italiana em solo rondoniense já em 1776, nas construções do Forte Príncipe da Beira, e ainda no início do século XX, na Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

 

Ele citou a presença de vários religiosos que para cá vieram no último século e construíram várias igrejas como a Catedral Metropolitana de Porto Velho, citado nomes como Dom João Bastista Costa, e os padres Victor Hugo, Enzo Mangano, Marcelo Bertolusso, Emílio La Noce, João Nicoletti, dentre outros. 

 

“Esse trabalho de crescimento do Estado continua até hoje através de entidades como a Casa Família Rosetta, que trabalha com dependentes químicos, além do trabalho incansável que várias instituições mantidas pela Igreja Católica realiza em prol das comunidades  carentes, onde essas igrejas foram construídas ao longo desses cem anos de Porto Velho”, enfatizou Cláudio Guastella.

 

Presentes à solenidade estiveram o presidente da Assembléia Legislativa, Maurão de  Carvalho; o presidente do Tribunal de Justiça, Walter Waltenberg Junior; o procurador-geral do Ministério Público, Pedro Airton Marin, o arcebispo emérito de Porto Velho, Dom Moacir Grechi; o secretário de Segurança Pública - representando o governador Confúcio Moura - Lioberto Ubirajara; e o presidente OAB-RO, Andrey Cavalcante. 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS