close
logorovivo2

MP recomenda que unidades de saúde disponibilizem escala de plantão para o público

Tal medida deverá ser implementada até o dia 05 de fevereiro, em todos os 82 pontos de atendimento dessa natureza, existentes na Capital

ASCOM - MP/RO

19 de Janeiro de 2018 às 11:50

MP recomenda que unidades de saúde disponibilizem escala de plantão para o público

FOTO: (Divulgação)

O Ministério Público de Rondônia recomendou à Administração Pública Municipal que providencie, até o dia 05 de fevereiro, a afixação de escala de plantão de todos os servidores, incluindo os médicos, nas respectivas Unidades de Saúde do Município, em painel visível, a ser apresentado de forma ostensiva ao público. Tal medida deverá ser implementada até o dia 05 de fevereiro, em todos os 82 pontos de atendimento dessa natureza, existentes na Capital.
 

A divulgação da escala foi uma das providências deliberadas em reunião coordenada nesta quinta-feira (18/01), pelo Promotor de Justiça de Defesa da Probidade Administrativa, Geraldo Henrique Ramos Guimarães, com a presença de representantes do Poder Público Municipal, Conselhos Regional e Federal de Medicina (Cremero) e (CFM) e ainda dirigente da Unidade de Pronto Atendimento José Adelino, onde, no último dia 09, teria ocorrido suposto abandono de plantão médico.
 

Na ocasião, o Promotor de Justiça tratou das irregularidades noticiadas no feito extrajudicial nº 2018001010000513, acerca de problemas na prestação da saúde pública, em decorrência do acúmulo ilegal e incompatível de cargos públicos de alguns servidores da área de saúde.

 

Caso José Adelino
 

Entre as deliberações, ficou acertado que a Semusa encaminhará, até o dia 05 de fevereiro, relatório preliminar das investigações sobre suposto abandono do plantão médico que teria resultado na morte da paciente Rosineide Basan, na Unidade de Pronto Atendimento José Adelino, apontando, detalhadamente, quais medidas estão sendo adotadas para a efetiva melhoria do atendimento público da saúde municipal. A Secretaria também deverá informar as providências relativas à reorganização dos plantões, das escalas de férias e jornada de trabalho de todos os servidores.
 

A reunião teve a presença do Secretário-Adjunto da Secretaria Municipal de Saúde, Marcus Vinícius de Oliveira Costa; do Procurador do Município, Moacir de Souza Magalhães; do diretor do Pronto Atendimento, José Adelino, Marcelo Tenório; do Presidente do Cremero, Andrei Leonardo Freitas de Oliveira; do assessor jurídico do órgão, advogado Marcos Sobrinho, e do Conselheiro Federal de Medicina, José Hiran da Silva Gallo.

 

Recomendação ao Estado
 

Ainda na oportunidade, o Promotor de Justiça informou que diligenciará para implementar idêntica providência de informação e transparência de escalas de plantão também junto ao Governo do Estado de Rondônia, uma vez que é direito do cidadão conhecer os profissionais da saúde que estão disponíveis para prestar atendimento de saúde naquele plantão, nos termos da lei de acesso à informação e publicidade administrativa.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS