close

TRAGÉDIA: Grave acidente na BR-364 envolvendo médico, mata um e deixa cinco feridos

A PRF esteve no local, vários áudios de grupos de WhatsApp descrevem o acidente e apontam culpado, mas as circunstâncias do acidente não foram divulgadas

DA REDAÇÃO

14 de Novembro de 2017 às 21:44

TRAGÉDIA: Grave acidente na BR-364 envolvendo médico, mata um e deixa cinco feridos

FOTO: (Divulgação)

Uma colisão frontal envolvendo um Chevrolet Cruze, dirigido pelo médico urologista Hélio Nunes, e um táxi modelo Gran Siena, da cidade de Jaru, conduzido pelo taxista Jonas Martins dos Santos, 46, ceifou a vida de um mototaxista, identificado por Ailton Ribeiro Sobral (Negão do Moto Táxi), de Ji-Paraná, e deixou cinco pessoas feridas, duas delas em estado grave.

 

O médico é urologista e trabalha no Hospital Mater Dei e Center Clínica, em Ouro Preto. O taxista transportava passageiros de Ouro Preto do Oeste, Jaru, Ji-Paraná e Machadinho.

Todos os envolvidos no acidente, a exceção do médico, foram trazidos pela equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Dra. Laura Maria Carvalho Braga e segundo a equipe médica que recebeu os acidentados os casos mais graves e que carecem de cuidados é o de Érica de Machadinho, do carreteiro Márcio de Ouro Preto, o quadro do taxista Jonas e de Tiago de Jaru também inspiram cuidados, mas só após eles serem encaminhados para o Euro de Cacoal e fizerem exames mais complexos haverá um diagnóstico mais preciso. 

A médica Thatyane Azevedo e os médicos André Pacheco e Julio C. H. Cuellar conduziram o trabalho da equipe para atender todos os feridos, e o diretor do HM Boby Charlton Gois Gil também permanece na unidade hospitalar para acionar o transporte dos pacientes para o Euro de Cacoal. “Colocamos as duas ambulâncias do plantão, veio uma de Jaru e estamos localizando um quarto veículo para transferir todos os pacientes”, disse o diretor à reportagem.  

A reportagem apurou que a vítima fatal, estava viajando no táxi com destino a Jaru. A PRF esteve no local, vários áudios de grupos de WhatsApp descrevem o acidente e apontam culpado, mas as circunstâncias do acidente não foram divulgadas.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS