close

Polícia Civil deflagra operação em Ouro Preto e mais quatro municípios

Policiais Civis saem às ruas para cumprir mandados de prisão na manhã desta sexta-feira (26)

DA REDAÇÃO

26 de Maio de 2017 às 17:38

Polícia Civil deflagra operação em Ouro Preto e mais quatro municípios

FOTO: (Divulgação)

A Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste realiza operação de combate ao contrabando, tráfico de drogas, a roubos e a homicídios e cumpre desde o início da madrugada desta sexta-feira (26), dezenas de mandados de prisão e de busca e apreensão em vários endereços da cidade. Outras equipes de agentes executam missões se deslocaram para os municípios de Jaru, Mirante da Serra e Vale do Paraíso.

Até o momento, foi efetuada em Ouro Preto do Oeste a prisão de um acusado conhecido por Gilberto Leiteiro, na Rua Mato Grosso com Rua Goiás, no Bairro Novo Estado, e os policiais ainda cumprem mandados de busca na residência de duas mulheres no Jardim Aeroporto envolvidas no mundo do crime. Em Vale do Paraíso, na casa de um investigado, a polícia apreendeu uma quantidade de cigarros que dá para lotar três carrocerias de caminhonete.

A Operação denominada “Walking Dead” é coordenada pelos delegados Nike Locatelli, Júlio Cesar Ferreira de Souza e Roberto dos Santos da Silva, e envolve a participação de dezenas de agentes das Delegacias de Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Presidente Médici e de Urupá.

Hoje é o primeiro dia de atividade da Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), localizada na Avenida Capitão Silvio Gonçalves de Farias, inaugurada na semana passada.

No período da tarde, após as missões terem sido cumpridas, os delegados concederão uma entrevista coletiva para esclarecer sobre a operação, e divulgar o nome dos suspeitos presos, assim como dos investigados que não foram encontrados, têm mandado de prisão em aberto e passam a ser considerados fugitivos da Justiça.

Os suspeitos que estão recebendo a visita da Polícia Civil e sendo presos, são acusados de praticarem vários crimes, entre os quais de tráfico de drogas, furtos e roubos, de contrabando de cigarro e outras mercadorias, um dos presos é acusado de envolvimento em um homicídio ocorrido no Residencial Colina Park em outubro de 2016.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS