close

Programa Integrado de Desenvolvimento executa obras em todo estado

Programa Integrado de Desenvolvimento executa obras em todo estado

DA REDAÇÃO

24 de Outubro de 2016 às 11:21

Programa Integrado de Desenvolvimento executa obras em todo estado

FOTO: (Divulgação)

Com um investimento de mais de R$ de 78 milhões, dos R$ 450 milhões aprovados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o governo de Rondônia impressionou a equipe do Banco no Rio de Janeiro ao apresentar os resultados, um conjunto de obras de grande envergadura executadas em todo estado no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômica de Rondônia (Pidise).

Segundo a economista Maria Emília da Silva, coordenadora técnica do programa, nesta fase, além dos vários projetos em andamento, governo já executou e entregou obras importantes, como as sedes das Unidades Integradas de Segurança Pública (Unisp) dos municípios de Espigão do Oeste e Nova Brasilândia, um projeto inovador que contempla numa mesma estrutura todo o aparato da segurança pública para atendimento ao cidadão, com a Delegacia de Polícia, Batalhão da Polícia Militar e Grupamento do Corpo de Bombeiros.

Ela disse que já foram entregues, até agora, as obras de reforma e ampliação das escolas Risoleta Neves, em Porto Velho; e Fernanda Souza de Paula, em Espigão do Oeste, projetos que passaram por uma nova definição conceitual para as estruturas educacionais, com recursos, meios e ambientes físicos adequados e modernos para o bom aprendizado, que como as obras de reforma e ampliação do Instituto Abaitará (escola agrícola modelo) mereceram elogios das autoridades do BNDES, banco financiador.

As obras entregues, segundo Maria Emília, absorveram um total de R$ 27,1 milhões, que financiaram também as obras do Grupamento de Bombeiros do município de Rolim de Moura, as agências de rendas dos municípios de Presidente Médici, Guajará-Mirim e Ouro Preto do Oeste, a aquisição dos equipamentos de trituração e moagem da Usina de Calcário em Pimenta Bueno, e a compra de seis ambulâncias resgate do Corpo de Bombeiros.

OBRAS EM DIVERSOS SETORES

A coordenadora do Pidise informou, também, que outras importantes obras do programa serão entregues e inauguradas, entre elas as Unisp da regiões Central, Sul e Leste da capital, todas obras de grande porte com estrutura completa de segurança pública. Da mesma forma e com idêntica estrutura, estão em fase final de execução as Unisp dos municípios de Machadinho do Oeste, Ouro Preto do Oeste, Rolim de Moura, Ji-Paraná e Colorado do Oeste, obras igualmente de grande envergadura para o atendimento completo, em segurança pública, à população desses municípios.

Também serão entregues as obras das escolas indígenas Tubarão Latundê, em Chupinguaia; Tanajura e Escola Ricardo Franco, ambas no município de Guajará-Mirim, projetos completos e modernos que contemplam estrutura física e ambientes adequados para o aprendizado, desporto e lazer. Também estão aguardando a execução de pequenos detalhes as obras de reforma e ampliação das escolas Carlos Gomes, em Cacoal; e Juscelino Kubitschek, em Alta Floresta do Oeste.

O governo prepara os atos para entrega das obras do Centro de Referência de Prevenção e Atenção à Dependência Química (Crepad), em Cacoal; do Grupamento do Corpo de Bombeiros de Vilhena; e a Agência de Rendas, de Pimenta Bueno.

Maria Emília adiantou ainda que muitas outras obras importantes para o serviço público e para economia do estado estão em andamento, como as estruturas físicas das Unisp de vários municípios, escolas, Crepad, que juntas estão orçadas em pouco mais de R$ 39,2 milhões.

“O governador Confúcio Moura é o maior entusiasta do programa, e exige que a aplicação desses recursos seja exemplarmente executada, de forma a evitar desperdício ou qualquer possibilidade de desvio, de modo que cada centavo seja empregado em benefício do cidadão rondoniense”, garantiu Maria Emília.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS