close
logorovivo2

Usina de asfalto quente do governo se prepara para entrar em operação

Usina de asfalto quente do governo se prepara para entrar em operação

DA REDAÇÃO

28 de Junho de 2016 às 14:35

Usina de asfalto quente do governo se prepara para entrar em operação

FOTO: (Divulgação)

A quarta usina de asfalto quente (Concreto Betuminoso Usinado a Quente – CBUQ) do Governo de Rondônia foi instalada no município de Rolim de Moura, no setor Industrial, e iniciará as operações na primeira quinzena do mês de julho. A empresa responsável pela instalação da usina, e que também tem a função de colocá-la em operação, realizou a primeira inspeção técnica e treinamento dos servidores que colocarão a fábrica de asfalto em funcionamento.

A inspeção final da empresa instaladora, de acordo com o coordenador das usinas do DER, Edimar Dias, deve ocorrer nos próximos 15 dias, liberando a usina de asfalto para atender os municípios da Zona da Mata e também do Cone Sul do Estado. Esta será a quarta usina de asfalto quente do DER que entrará em funcionamento. As outras três estão em funcionamento em Porto Velho, Jaru e Ji-Paraná.

O diretor-geral do DER, Ezequiel Neiva, disse que em julho o Governo de Rondônia iniciará a recuperação das estradas estaduais, com serviços de tapa-buraco e sobre o asfalto existente será lançada uma camada asfáltica com dois centímetros de espessura, assegurando o tempo de vida útil do pavimento.

Veja também: Contrato do lixo pode render mais um pedido de impeachment contra Nazif

Ezequiel Neiva acompanhou a inspeção técnica da empresa e afirmou que as usinas de asfalto são fundamentais para o planejamento do governo na recuperação da malha viária estadual. “Nunca se planejou a recuperação do asfalto. Agora, temos um planejamento para cuidar do que o Estado já construiu”, pontou o diretor ao destacar as metas do governador Confúcio Moura.Para o funcionamento da usina de asfalto em Rolim de Moura, Neiva frisa que a unidade contou com o apoio da deputada federal Marinha Raupp, que destinou emenda para compra de máquinas e equipamentos que atuarão na estrutura da fábrica de asfalto.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS