close

Curso é concluído com resgate de vítimas pelo Corpo de Bombeiros

Curso é concluído com resgate de vítimas pelo Corpo de Bombeiros

DA REDAÇÃO

21 de Março de 2016 às 10:47

Curso é concluído com resgate de vítimas pelo Corpo de Bombeiros

FOTO: (Divulgação)

O Corpo de Bombeiros de Rondônia encerrou nesta quinta-feira (17), com atividades de simulação de salvamento de vítimas de acidentes de trânsito realizadas no Espaço Alternativo, curso de Salvamento Veicular realizado durante quatro dias, em Porto Velho, para 26 oficiais e praças da corporação.Na simulação, foram utilizados quatro cenários distintos de acidentes – tombamento, colisão frontal, capotamento e um veículo sobre outro. Para a atividade, o Corpo de Bombeiros mobilizou servidores da corporação, carros oficiais danificados e os sete instrutores do Paraná e do Rio Grande do Sul que promoveram a capacitação. Os bombeiros que participaram do curso foram divididos em equipes para realizar a simulação.
 
“Este curso trouxe conhecimentos atualizados, com padrões nacionais e internacionais no resgate de vítimas de acidente veicular com todo tipo de situação, como desencarceramento e capotamento, o que se imaginar em relação a acidentes dessa natureza. Com mais técnica, é possível mais celeridade e menor tempo no salvamento de vítimas. Os instrutores são altamente especializados na área, com curso dentro e fora do Brasil”, destacou o subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Felipe Santiago Chianca Pimentel. Ele acompanhou toda a simulação, durante aproximadamente uma hora.
 

Os instrutores têm formação na Alemanha, Estados Unidos e Chile entre outros países. A capacitação oferecida aos bombeiros da capital e do interior de Rondônia foi gratuita. O governo estadual contribuiu com as passagens e estada dos profissionais.Um dos profissionais que participaram da capacitação, o capitão José Constantino da Silva Júnior, há sete anos no Corpo de Bombeiros, disse que a preparação dos bombeiros do estado na área de salvamento veicular é incipiente ainda, por isso a iniciativa da corporação foi muito positiva.
 
“Conhecemos equipamentos e técnicas novas que se utilizam no mundo e no Brasil. Os instrutores trouxeram material que não temos ainda, e vamos procurar adquirir para aumentar nossa resposta de atendimento à sociedade. A capacitação foi um pontapé inicial para nosso bombeiro se especializar ainda mais nessa área de salvamento veicular”, disse o capitão.Os bombeiros aprenderam técnicas de extração de latarias e estabilização de veículos para remover a vítima “com maior segurança e em menor tempo possível”, diz o capitão Constantino, a fim de aumentar a possibilidade de vida do acidentado. Na simulação, eles manusearam equipamentos que facilitam o trabalho, com menor esforço, como pinças resistentes, com poder de corte e expansão, para otimizar o trabalho do bombeiro.
 
Do batalhão de bombeiros de Cacoal, o sargento Nilmar Antunes disse que o curso foi gratificante. “Adquiri novos conhecimentos, e pretendo disseminá-los na minha unidade, para meus companheiros. São novos conceitos e equipamentos, e espero que possamos adquirir para utilizar em nossas atividades”, disse ele.Um desses aparelhos é o stab fast, inédito para a corporação rondoniense, destinado a estabilizar o veículo acidentado: “Ele é muito eficiente, deu para comprovar no curso, e fácil de manusear. Com ele, podemos melhorar as condições de trabalho e dar resposta ao público. Porque essa é a ideia, melhorar o atendimento, beneficiar a população”, diz sargento Antunes.Há doze anos no Corpo de Bombeiros do estado do Amazonas, o sargento Eduardo Araújo de Santos Neto disse que irá disseminar em Manaus, onde trabalha, os novos conhecimentos adquiridos. “Os instrutores trouxeram técnicas novas de resgate de acidentados no trânsito, ganhamos muito com isso. O Corpo de Bombeiros de Rondônia está de parabéns”, disse.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS