close

Polícia Civil prende armas e recupera joias furtadas

Polícia Civil prende armas e recupera joias furtadas

DA REDAÇÃO

23 de Dezembro de 2015 às 11:02

Polícia Civil prende armas e recupera joias furtadas

FOTO: (Divulgação)

A manhã desta quarta-feira (23/12) foi produtiva para a Polícia Civil  e desastrosa para a criminalidade em Mirante da Serra. Logo ao raiar do sol a equipe da Polícia Civil bateu à porta de FERNANDO AYRES DA SILVA, 21 anos, para dar cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela Vara Criminal de Ouro Preto do Oeste.

O alvo já estava sendo investigado há alguns dias pelo SEVIC de Mirante da Serra, como suspeito de envolvimento com o crime, especialmente por receptação de produtos furtados e roubados e comércio de drogas. Com a suspeita, o Delegado representou ao poder judiciário para a concessão do mandado de busca na residência de FERNANDO.

Durante a busca foram encontradas duas armas de fogo, sendo uma delas uma espingarda de calibre .12, considerada arma de uso restrito em razão do cano serrado, bem como, uma garrucha de fabricação artesanal e vasta munição, intacta e deflagrada, de vários calibres.

Também foi encontrado um mostruário de semi-jóias já reconhecido pela vítima do furto, com valor comercial superior a R$ 700,00, além de vários outros produtos similares aos que foram furtados nos últimos dois meses em Mirante da Serra.

O chefe do setor de investigação e capturas, Aquiles Moraes, afirma que os produtos, em sua maioria, foram furtados por um adolescente, usuário de drogas, morto recentemente em um confronto com a polícia militar, sendo certo que esse adolescente teria confessado ter repassado muitos produtos furtados a FERNANDO.

O Delegado responsável pelas investigações, Julio Cesar de Souza Ferreira, informou que FERNANDO está sendo autuado em flagrante pelos crimes de posse de arma de uso restrito (art. 16 da lei 10.826/03 combinado com art. 16, VI do decreto 3.665/2000) e receptação dolosa (art. 180 do Código Penal). As penas somadas podem chegar a 10 anos de reclusão. “Não tem fiança na fase policial, em razão das penas dos crimes, que ultrapassa e muito o limite de 04 anos, conforme prevê o Código de Processo Penal” afirma o Delegado.

Fernando será recolhido na Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste, onde permanecerá à disposição da justiça criminal.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS