close
logorovivo2

MPF e Polícia Federal oferecem delação premiada para índios presos em operação

MPF e Polícia Federal oferecem delação premiada para índios presos em operação

DA REDAÇÃO

11 de Dezembro de 2015 às 08:52

MPF e Polícia Federal oferecem delação premiada para índios presos em operação

FOTO: (Divulgação)

O procurador da República, Daniel Azevedo Lobo e um delegado da Polícia Federal em Vilhena, ouviram na última quinta-feira (10), em depoimento, os seis índios presos na terça-feira (8) durante a operação Crátons, que investiga a exploração ilegal de diamantes na Reserva Roosevelt, em Espigão do Oeste.

A intenção do MPF é firmar um acordo de delação premiada para os indígenas e chegar aos nomes dos líderes do esquema de exploração de diamantes nas terras dos Cinta Larga.

Seis índios estão presos por ordem da justiça e ontem prestaram depoimento ao procurador. Uma vez assinado o acordo de delação com os índios, a investigação do caso avança para outra fase, porém, a PF disse que nenhuma informação relativa ao novo passo do processo será divulgada. 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS