close

Ação humanitária ameniza sofrimento de comunidades ribeirinhas em Porto Velho

Ação humanitária ameniza sofrimento de comunidades ribeirinhas em Porto Velho

DA REDAÇÃO

8 de Julho de 2015 às 13:28

Ação humanitária ameniza sofrimento de comunidades ribeirinhas em Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

O Projeto Beiradão, palavra do vocabulário local utilizada para se referir às comunidades ribeirinhas ao longo das margens do Rio Madeira, não tem fins lucrativos e visa atender inicialmente cerca de mil pessoas que vivem no distrito de Nazaré. As comunidades de Santa Catarina, São José, Conceição do Galera, Tira Fogo, Pombal, Boa Vitória, Vista Alegre, Laranjal e Niterói, próximas de Nazaré, também serão beneficiadas.

Idealizado por voluntários da Igreja Adventista do Sétimo Dia Nova Jesusalém, no bairro Agenor de Carvalho, em Porto Velho, o Projeto Beiradão tem o objetivo de amenizar o sofrimento dos moradores do distrito de Nazaré, arrasado pelas enchentes de 2014 e 2015. Para tanto, os idealizadores do projeto firmaram parceria com o Instituto Kaleo, que está enviando vários profissionais da área de saúde para o atendimento às famílias ribeirinhas.

Também foi firmada parceria com a prefeitura de Porto Velho, que está cedendo embarcações (voadeiras) e a estrutura institucional do distrito para que o trabalho seja realizado com sucesso. Cerca de 60 voluntários ficarão em Nazaré do dia 9 a 26 de julho atendendo a comunidade.

Os voluntários que integram o Instituto Kaleo vêm de São Paulo, Goiânia e outras regiões do Brasil, apenas com o objetivo de prestar serviços humanitários aos ribeirinhos. Eles se unem aos voluntários de Porto Velho, que são os idealizadores do Projeto Beiradão.

Kaleo

O Instituto Kaleo, palavra grega que significa “chamado para um propósito”, é uma organização não governamental sem fins lucrativos que atua em diversos países ao redor do mundo no desenvolvimento humano através de ações voluntárias voltadas para educação e saúde. 

E assim, o Kaleo implementa programas de formação e capacitação de voluntários, realiza programas de voluntariado de curta, média e longa duração, em território nacional e internacional e desenvolve programas de empreendedorismo social nas áreas da educação e saúde em diversas culturas. Os recursos financeiros do Kaleo vêm integralmente através de doações.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS