close

Zona Leste ganhará bairro com 12 mil moradores no Residencial Cristal da Calama

Zona Leste ganhará bairro com 12 mil moradores no Residencial Cristal da Calama

DA REDAÇÃO

3 de Julho de 2015 às 13:13

Zona Leste ganhará bairro com 12 mil moradores no Residencial Cristal da Calama

FOTO: (Divulgação)

Ao entardecer, depois de mais um dia de trabalho, cerca de 800 operários brasileiros e alguns haitianos retornam para suas casas em ônibus, motocicletas e bicicletas. Desde setembro de 2013 eles constroem um bairro com 2.941 casas de 40 metros quadrados cada uma, no ponto extremo da Avenida Calama, na zona leste de Porto Velho.

Chama-se Residencial Cristal da Calama o mais novo conjunto residencial do Programa Minha Casa Minha Vida financiado pelo Banco do Brasil (BB), com R$ 197 milhões do Governo Federal e a contrapartida de R$ 14,7 milhões do Governo de Rondônia, pelo Programa Morada Nova. As casas têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço.

Esse bairro, que já nasce grande numa área da zona rural incorporada pelo acelerado desenvolvimento urbano do município, deverá ser habitado por pelo menos 12 mil pessoas. A estimativa foi feita pela Secretaria Estadual de Assistência Social (Seas) e divulgadas quinta-feira (2) durante inspeção às obras, feita pela secretária Valdenice Domingos Ferreira, secretário adjunto Márcio Antonio Felix Ribeiro e o superintendente estadual de negócios do BB, Pio Gomes de Oliveira Júnior.

“Ainda neste semestre, o Governo Estadual chamará as inscrições de pessoas para este e para o Residencial Morar Melhor [na rodovia BR-364, perto do aeroclube], o segundo, de apartamentos”, anunciou Márcio Félix.

Na visita que durou 40 minutos, secretários e superintendente do banco estavam acompanhados por engenheiros do governo estadual e da Construtora Centro de Minas Ltda.  Ao se aproximar da área de preservação permanente, Pio Gomes exclamou: “Aqui a gente vê o valor do programa!”.

Os demais também elogiaram o aproveitamento da mata nativa pelo projeto da empresa, que também compreende a construção de esgotos, posteamento, e a instalação de aquecedores solares que permitem a redução no consumo de energia elétrica entre 17h e 22h, principalmente em substituição ao chuveiro.

O Brasil ocupa a quinta posição no ranking mundial na utilização de energia solar térmica, de acordo com o relatório de 2014 da International Energy Agency. O país tem capacidade instalada de 5.783 MWth [megawatt térmico] e produção de energia anual de 5.785 GWhth [gigawatt térmico], proveniente dos 8,4 milhões de m² de área de coletores solares térmicos instalados até o ano de 2012, de acordo com o citado relatório.

EMPREGOS

A primeira etapa, com 1.460 casas está pronta, informou o engenheiro Fausto Mendonça. “Além da moradia digna, o Residencial Cristal da Calama oferece empregos diretos e indiretos; estima-se que 80% do dinheiro investido nas obras circulem dentro de Porto Velho”, assinalou. Ao que Márcio Felix acrescentou: “Está claro para o governo que a contrapartida do investimento dará imediato retorno”.

As casas se tornam ambientalmente sustentáveis. Cerca de 100 serão adaptadas ao uso por pessoas portadoras de deficiência física. O tanque de lavar roupa tem espaço para a instalação de máquina de lavar.

“Estamos há 97 dias sem acidentes. O recorde é 211″, anuncia a placa à direita, logo após a guarita de acesso ao canteiro de obras.

O bairro ganhará suas características com parcerias entre o estado e o município. Serão construídas três escolas: a Secretaria Estadual de Educação entregará a de Ensino Médio e quatro quadras esportivas; a prefeitura fará duas escolas municipais e a creche.

A Secretaria Estadual de Saúde entregará a unidade básica local. O projeto também inclui a pista de cooper com 1,5 mil metros de extensão. Governo e prefeitura deverão conseguir uma linha de ônibus até o novo bairro.

Em todo o estado existem mais de 20 mil unidades habitacionais em construção. A Seas estima que os canteiros proporcionem atualmente mais de 1,1 mil empregos.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS