close
logorovivo2

Trabalhadores paralisam obras de construtora na capital

Trabalhadores paralisam obras de construtora na capital

DA REDAÇÃO

18 de Setembro de 2014 às 09:30

Trabalhadores paralisam obras de construtora na capital

FOTO: (Divulgação)

Nesta quarta-feira (17), cerca de 450 trabalhadores da Construtora  Centro Minas (CCM), que está construindo três mil residências em Rondônia, através do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, cruzaram os braços e paralisaram as obras.

A informação foi prestada pelo sindicalista Magno Barbosa que afirmou estarem os trabalhadores reivindicando melhorias no canteiros de obras. Condições decentes de trabalho , melhoria e adequação na cesta básica mensal , melhorias no vale transporte , adequação estrutural da cozinha de refeições , melhor atuação do técnico de segurança do trabalho , visto que esta havendo acidentes no canteiro de obras sem acompanhamento da empresa e aberturas de CAT, ao que tudo indica por decorrer da PPR imposta pela empresa com metas quase inatingível , ambulatório, adequação de água potável e banheiros suficiente para o contingente de trabalhadores na obra .

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero) está acompanhando todo o movimento paredista e, junto a uma comissão de trabalhadores, estiveram reunidos com os representantes da empresa.

De início, a empresa reconheceu o descumprimento das normas para condições de trabalho decente com curto prazo. As demais reivindicações não foram atendidas. Com  tudo isso, os trabalhadores resolveram continuar com o movimento paredista ate que seja alcançados os 100% do pleito.

A direção do sindicato, junto ao jurídico, tomara os devidos cuidados para o desfecho desta situação sem que venha prejudicar os trabalhadores.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS