close
logorovivo2

Advogados de Rondônia lamentam morte de ex-presidente da OAB-AC

Advogados de Rondônia lamentam morte de ex-presidente da OAB-AC

DA REDAÇÃO

7 de Julho de 2014 às 14:04

Advogados de Rondônia lamentam morte de ex-presidente da OAB-AC

FOTO: (Divulgação)

A notícia da morte do advogado Florindo Poersch, ex-presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no Acre e conselheiro federal da OAB repercute em Rondônia. Vários advogados que militam em Rondônia lamentam a morte prematura do ex-representante da advocacia acriana e atribuem a ele o resgate daquela seccional que, até a sua eleição, era uma seccional isolada, sem maiores contatos com as outras 26 instaladas nos estados.
Oriundo do Sul do Brasil, mas há muito tempo radicado no Acre, Florindo Poersch enfrentou o esquema do então presidente Uchoa, que há quase 40 anos mandava nos destinos da seccional da OAB do Acre. Ele liderou a nova geração de advogados do Estado do Acre, ganhou a eleição para presidente da OAB-AC e abriu as portas da seccional, estabelecendo boas relações com as demais.
Talvez por ser a seccional mais próxima geograficamente, a OAB Rondônia esteve muita próxima da OAB do Acre durante a gestão de “Barão” como presidente. Estimulado pelos laços fraternais que une os profissionais do direito, a então diretoria da OAB Rondônia, presidida pelo advogado Hélio Vieira, estabeleceu parcerias entre as duas seccionais e buscou, através das atividades jurídicas, esporte e lazer, fortalecer os laços de amizades.
No período de 2010 a 2012, os advogados do Acre estiveram em Rondônia por diversas vezes para participação nos congressos e torneios esportivos com os advogados de Rondônia, capital e interior. E as visitas foram retribuídas com a ida de equipes formadas por advogados rondonienses para participar de vários eventos na capital do Acre.
Ao lamentar o falecimento de “Barão”, como Florindo também era carinhosamente chamado pelos amigos, o ex-presidente da OAB Rondônia, advogado Hélio Vieira, disse que a advocacia rondoniense perde um amigo. Hélio destaca várias qualidades de Florindo, seja como advogado, seja como líder da advocacia acriana, seja como pai de família. “Florindo parte, mas nos deixa vários exemplos de tenacidade na busca pelos seus objetivos e de liderança perante a advocacia. Ele resgatou a dignidade da advocacia no Acre”, reitera Hélio.
Há cerca de um ano Florindo vinha lutando para debelar um câncer na vesícula. Internado no hospital Nossa Senhora da Graça, em Curitiba (PR), Florindo sucumbiu ao tratamento. A previsão é que o corpo chegue ao Acre nesta segunda-feira (7) e deve ser velado na sede da OAB-AC, na Via Verde.
Goleiro da equipe de futebol da OAB Rondônia, o advogado Gerson Nava é outro que lamenta a morte de Florindo “Barão”. “Ele era uma figura ímpar, de uma alegria incrível e muito otimista”, lembra Nava.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS