close
logorovivo2

SINDSBOR – PEC-61 será promulgada nesta quarta-feira 14

SINDSBOR – PEC-61 será promulgada nesta quarta-feira 14

DA REDAÇÃO

7 de Maio de 2014 às 08:36

SINDSBOR – PEC-61 será promulgada nesta quarta-feira 14

FOTO: (Divulgação)

Foi marcada para o próximo dia 14 de maio, a promulgação da PEC dos soldados da borracha. A emenda constitucional aprovada no último dia 23 de abril prevê o pagamento de um benefício único de R$ 25 mil aos soldados da borracha que foram recrutados para trabalharem na exploração da borracha na Amazônia, no período da segunda guerra mundial.
O pedido em caráter de urgência da promulgação da PEC 61-2013, foi feito em decorrência de uma série de pedidos feitos por senadores da região norte e sindicalistas que representam a categoria.
Não satisfeitos com essa insignificante quantia a ser paga pelo governo federal, os soldados da borracha não tem outra opção a não ser aceitar por enquanto, o que o governo oferece (diz Carioca o vice-presidente do sindicato da categoria em Rondônia). O que se esperava no mínimo era um bom senso do governo em oferecer um valor de compensação à altura do grande sacrifício humano realizado pelos milhares de heróis da pátria que já não estão entre nós, finaliza o vice-presidente. Cerca de 60 mil pessoas, a maioria da região nordeste, migrou para os Estados da região Amazônica no início dos anos 40 onde trabalharam na extração da borracha que era enviada ao Estados Unidos e países aliados que participavam da Segunda Guerra Mundial.
Essa operação no Brasil ficou conhecida como Batalha da Borracha, evento esse que ceifou a vida de milhares de trabalhadores que jogados nos seringais, viveram em um sistema de trabalho bastante degradante à pessoa humana, onde se tornaram escravos dos Senhores da Borracha( seringalistas), sem assistência do governo, atendimento médico e ausência total de saneamento e segurança, mais de 30 mil nordestinos sucumbiram às epidemias; aos ataques de indígenas, as mortes por encomendas(pistolagem), aos acidentes de trabalho e por outros fatores de risco inerente à região.
Mesmo com o pagamento desse benefício de R$ 25mil, o que não atende nem de longe, as principais necessidades da categoria, o Sindicato dos Soldados da Borracha de Rondônia continuará com sua luta, com sua ação judicial na justiça federal e vai pleitear agora com mais força em Brasília e em Organismos Internacionais fora do Brasil, os direitos dos soldados da borracha.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS