close
logorovivo2

Chamada escolar ocorre em clima de tranquilidade em Porto Velho

Chamada escolar ocorre em clima de tranquilidade em Porto Velho

DA REDAÇÃO

22 de Janeiro de 2013 às 11:48

Chamada escolar ocorre em clima de tranquilidade em Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

Apesar da grande movimentação dos pais que procuraram as escolas municipais para matricular os filhos, os primeiro dias da chamada escolar, estão sendo tranquilos nos pólos de atendimentos. Nas Escolas Padre Chiquinho (centro), Maria Isaura (Costa e Silva) e São Pedro (Pedrinhas), os coordenadores informaram que não houve qualquer tipo de incidente que comprometesse o andamento dos trabalhos.
 
Na Escola Padre Chiquinho o sistema chegou a apresentar pequenas falhas no início dos trabalhos, mas logo foi restabelecido e as matrículas feitas normalmente. Ao todo, 175 pessoas foram atendidas. Por volta das 16h30min, o movimento era praticamente zero no estabelecimento de ensino. Silvia Helena Dias, moradora do bairro Areal, matriculou a filha de cinco anos. “Eu peguei a senha 145 e a demora foi só o tempo de chegar a minha vez. O trabalho aqui está nota dez”, disse.
 
O diretor da escola, Luiz Clodoaldo, disse que o movimento foi normal, como nos anos anteriores. “Já estávamos preparados para a demanda”, declarou. Ele também informou que sua equipe abriu as dependências da escola para que os pais aguardassem na parte interna e não na rua. O polo que funciona na Padre Chiquinho realiza matrículas para as Escolas Pequeno Polegar, Moisés Ferreira, Encanto do Ipê e Cristamiles.
 
Maria Isaura
 
Coordenador dos trabalhos na Escola Maria Isaura, Reginaldo Alves da Silva informou que 200 atendimentos foram realizados na segunda-feira, a maioria pais que já estavam com senhas desde a semana passada, quando o sistema apresentou problemas e as matrículas foram suspensas. “Tudo transcorreu dentro da normalidade, sem qualquer alteração”, declarou. A escola também foi aberta para que os pais aguardassem no pátio e por volta das 17 horas, não havia mais pessoas para atender. “Talvez tenha sido por causa da chuva”, completou o coordenador.
 
São Pedro
 
Tranquilidade também marcou os trabalhos da equipe responsável pela chamada escolar na Escola São Pedro, no bairro Pedrinhas. Conforme informou a coordenadora Zidnalva Camurça (Zizi), foram realizados 91 atendimentos, sendo 60 encaminhamento para outras escolas e 31 cadastro de pais que não conseguiram vagas para as escolas que desejavam.”Aqui tudo foi muito tranquilo. Todas as pessoas que nos procuraram foram as que pegaram senhas na semana passada”, frisou.
 
Secretário
 
O secretário municipal de educação, Marcos José Rocha, também avaliou como positivo o primeiro dia da chamada escolar em todas as escolas da rede municipal. Segundo ele, 2.550 pessoas foram atendidas somente nesta segunda-feira. “O movimento foi tranquilo. Estive em várias escolas e até ajudei a organizar filas. O que precisamos é repensar a forma de fazer a chamada escolar para os próximos anos”, comentou.
 
Marcos Rocha afirmou, ainda, que 145 pessoas não conseguiram vagas para as escolas que desejavam, mas todas que estiverem nessa situação serão atendidas nos dias cinco e seis de fevereiro durante uma reunião no Teatro Banzeiros. Ao todo, o município está oferecendo 5.497 vagas para este ano.
 
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS