close
logorovivo2

CORUMBIARA - Governo reúne produtores rurais para levantar necessidades

CORUMBIARA - Governo reúne produtores rurais para levantar necessidades

DA REDAÇÃO

16 de Julho de 2012 às 08:57

CORUMBIARA -  Governo reúne produtores rurais para levantar necessidades

FOTO: (Divulgação)

As necessidades dos produtores do Cone Sul, principalmente com relação a logística de escoamento da produção, foi tema de uma reunião realizada na manha de sexta-feira (13), na sede da Fazenda Iviporã, de propriedade do pecuarista Garão Maia, no quilômetro 45 da linha 155 de Corumbiara, com a presença do governador Confúcio Moura, do ex-ministro Mangabeira Unger e de secretários de Estado. Uma comissão de representantes dos produtores rurais pediu a viabilização de uma estrada que melhorará as condições para as práticas agrícolas e escoamento na região.
Com o surgimento de novas fronteiras agrícolas passa a existir também a necessidade de se melhorar a infraestrutura. De acordo com o governador Confúcio Moura “Rondônia é um estado produtor de alimentos para o Brasil e para o mundo e por isso o governo deve investir nesta aptidão para trazer prosperidade ao nosso povo”.
A previsão dos produtores é incorporar mais de 100 mil hectares ao cultivo da soja, mas para que isto seja possível, os agricultores querem o apoio. O emprego de alta tecnologia no cultivo da soja na região possibilitou maior produtividade em uma menor área plantada, porém ainda se esbarram na dificuldade de escoamento da produção.
“São 84 quilômetros de estradas a serem construídas que além do escoamento, possibilitará a chegada de calcário para a preparação do solo”, afirma o produtor rural Antônio José Gemeli, “e nós nos prontificamos a auxiliar no que for possível”, se ofereceu.
Segundo Nanci Rodrigues, secretária de Estado de Desenvolvimento Ambiental, já existe um projeto para estadualizar a estrada que é municipal, faltando apenas a assinatura da Sedam para que seja regularizada a sua construção junto ao órgão.
Fazenda Iviporã
Estamos adequando a fazenda ao novo código florestal com o objetivo de manter a propriedade dentro da legalidade”, afirmou Portos Maia, proprietário. “Quando meu pai chegou aqui, há 23 anos, tudo ainda estava por se fazer. Atualmente a fazendo se divide entre a cultura e soja e criação de gado”.
São 20 mil hectares onde são criadas 22 mil cabeças de gado, a maioria da produção, cerca de 80% destinado ao mercado europeu e Rússia. Alem da produção de soja, milho e arroz que abastece todo o estado.
O agropecuarista afirma que para que haja desenvolvimento é essencial o investimento em estrada para facilitar a saída da produção, difícil hoje para os pecuaristas pela distancia e condições das vias de acesso.
Investimentos
Paralelo a construção de vias de escoamento o governo do estado pretende ainda ate o próximo ano viabilizar a segunda fabrica de calcário do estado, em Espigão do Oeste que terá capacidade para 400 mil toneladas, barateando através da oferta do produto o valor do insumo para os agricultores de Rondônia.
Outro ponto fortalecido pelo governo foi a parceria com o Banco da Amazônia (Basa) e Banco do Brasil para a criação de linhas de créditos com melhores condições para os produtores. Com estas medidas o governo pretende impulsionar a produção agropecuária em todo o estado.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS