close
logorovivo2

QUEM PAGA A CONTA?– Porto Graneleiro suspende atividades por causa dos banzeiros provocados pela UHE Santo Antonio

Várias empresas, a exemplo da Votorantim, já paralisaram suas atividades e esse fator influenciou sobremaneira as importações e exportações, ocasionando perdas econômicas substanciais para o Estado e para a classe empresarial.

DA REDAÇÃO

18 de Maio de 2012 às 09:03

QUEM PAGA A CONTA?– Porto Graneleiro suspende atividades por causa dos banzeiros provocados pela UHE Santo Antonio

FOTO: (Divulgação)

A diretoria da Sociedade de Portos e Hidrovias de Rondônia (Soph) comunica aos empresários e a população de modo geral que todas as operações portuárias do Porto Organizado de Porto Velho foram paralisadas. A ação tem o objetivo de evitar riscos à navegação e impedir prejuízos econômicos e ambientais decorrentes do banzeiro provocado pela Usina Hidrelétrica de Santo Antônio.
A diretoria da Soph esclarece ainda que, em razão da interferência da forte correnteza, tanto as operações portuárias estão sendo prejudicadas, como também a estrutura do Porto está sendo danificada. Por sinal, a marola deslocou uma ponte flutuante e arrebentou o cabo de amarração do terminal Ro-Ro.
Várias empresas, a exemplo da Votorantim, já paralisaram suas atividades e esse fator influenciou sobremaneira as importações e exportações, ocasionando perdas econômicas substanciais para o Estado e para a classe empresarial.
Nesta quinta-feira (17), o diretor presidente da Soph, Ricardo Sá, irá se reunir com a Agência Nacional de Transportes Aquáviários (Antaq), para tentar solucionar o problema. O próximo passo será agendar uma reunião com a diretoria do Consórcio Santo Antônio Energia.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS