close
logorovivo2

Inauguração da Bingool Náutica, Rondônia entra definitivamente no mercado náutico

Com inauguração da Bingool Rondônia entra definitivamente no mercado náutico

DA REDAÇÃO

16 de Março de 2012 às 14:13

Inauguração da Bingool Náutica, Rondônia entra definitivamente no mercado náutico

FOTO: (Divulgação)

Com a inauguração em Porto Velho da Bingool Náutica na noite desta quinta – feira, 15, o estado de Rondônia entra definitivamente no mercado náutico do Brasil, pais que pela estimativa de movimentar nesse setor mais de R$ 1 bilhão por ano, destaca – se como o principal gerador de negócios da América Latina.
Diante da perspectiva do grande crescimento desse segmento econômico no cenário rondoniense, altos executivos da Yamaha, marca japonesa cujos produtos serão comercializados no novo empreendimento, fizeram questão de prestigiar o coquetel de inauguração da loja, comandada pelo empresário Claudio Norio Hikague, estabelecido na capital rondoniense desde 2004.
A festa de lançamento que reuniu imprensa e autoridades, contou com a presença do diretor – presidente da linha náutica da Yamaha para o Brasil,. Manabu Shimizu, além do gerente comercial e serviços, Marco Truzzi e o representante comercial, Jorge Araujo, ambos da divisão náutica da Yamaha Brasil , além de Deyse Krugrer , representante comercial da Fibrafort, que comercializa as lanchas de fibra da Focker lider absoluta no mercado nacional.
Na sua fala, Manabu Shimizu destacou o desempenho da Yamaha náutica que está presente no Brasil há quase quarenta anos com uma rede de 123 concessionárias e 35 oficinas autorizadas. “No mercado nacional de motores de popa somos líder nacional e mundial deste segmento”, afirmou, ele ressaltando que a Bingool Náutica conta com uma das melhores estruturas da marca japonesa no Brasil.
Num momento em que consolida sua marca, o empresário Cláudio Norio Hikague fez questão de enfatizar no discurso de lançamento, a política de valorização   do ser humano.
“Este evento só está sendo possível graças ao empenho e dedicação dos prestadores de serviços, construtores, fornecedores de material e do maior patrimônio da empresa que são os nossos colaboradores que participaram ativamente para a realização desta nova loja”, disse o empreendedor.  
Sua preocupação em valorizar a humanização na empresa não foca apenas a equipe, mas também o consumidor como frisou na sua explanação. “Não bastam produtos de qualidade”, enfatizou. “Construímos novas instalações de serviços que vão proporcionar segurança e conforto aos clientes que utilizam nossos produtos, seja para seu lazer ou trabalho”, completou.
Mercado Náutico - Apesar de nos últimos anos o setor ter crescido em ritmo veloz, o Brasil tem um imenso potencial inexplorado. Os números revelam isso. Enquanto os estados unidos possuem uma frota aproximada de 13 milhões de barcos de recreação, de acordo com a The National marine Manufacturers Association, uma associação do setor, o Brasil tem apenas 180 mil embarcações, segundo dados da Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e seus implementos (Acobar).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS