close
logorovivo2

JIRAU – Trabalhadores da Camargo Corrêa são impedidos de retomarem as atividades

JIRAU – Trabalhadores da Camargo Corrêa são impedidos de retomarem as atividades

DA REDAÇÃO

14 de Março de 2012 às 15:10

JIRAU – Trabalhadores da Camargo Corrêa são impedidos de retomarem as atividades

FOTO: (Divulgação)

Em nota enviada a imprensa nesta quarta-feira (14), a Construtora Camargo Corrêa afirmou que devido à manifestação promovida pelos trabalhadores da empresa ENESA, a retomada das atividades normais no canteiro de obras da usina de Jirau ficou inviabilizada.
As paralisação dos trabalhadores da ENESA já duram quase uma semana mesmo com a determinação do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) para que os trabalhadores voltassem as atividades rotineiras de trabalho. Confira a nota:
Nota à Imprensa
A Construtora Camargo Corrêa informa que a retomada das atividades no canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Jirau foi impedida na manhã de hoje (14/3), pela ação de um pequeno grupo de agitadores que se iniciou com a greve de uma prestadora de serviços, contratada diretamente pela concessionária Energia Sustentável do Brasil - ESBR. Desde 5ª feira (08/03), a paralisação é parcial, mas os serviços essenciais estão sendo mantidos.
Em audiência ontem (13/3), o Tribunal Regional do Trabalho - TRT 14ª Região determinou que os trabalhadores em greve retornassem às atividades normais às 7h desta quarta-feira. No entanto, parte dos grevistas não cumpriu a decisão e impediu o retorno dos profissionais das demais empresas que atuam na construção da UHE Jirau.
A Camargo Corrêa reforça que disponibiliza no canteiro de obras de Jirau instalações adequadas, com elevado padrão de qualidade e segurança e reitera seu compromisso permanente de ouvir e dialogar com os representantes eleitos pelos trabalhadores. Nesse sentido, foi uma das primeiras signatárias do termo de adesão à Comissão Tripartite, coordenado pelo Governo Federal.
Construtora Camargo Corrêa

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS