close
logorovivo2

Municípios de Rondônia receberão R$ 27,5 milhões do FITHA

Municípios de Rondônia receberão R$ 27,5 milhões do FITHA

DA REDAÇÃO

8 de Fevereiro de 2012 às 17:24

Municípios de Rondônia receberão R$ 27,5 milhões do FITHA

FOTO: (Divulgação)

Os 52 municípios de Rondônia receberão R$ 27,5 milhões para recuperação de estradas vicinais, construção de pontes e galerias e aquisição de equipamentos. O valor foi acertado na tarde desta terça-feira (07/02), na sede do Departamento de Estradas e Rodagens de Rondônia (DER), durante reunião entre Associação Rondoniense de Municípios (AROM) e Diretoria do órgão. O recurso será repassado na forma de convênio, sob os critérios de índices individuais de distribuição que compõem o Fundo de Infraestrutura de Transporte (FITHA), mas em uma só parcela.
O presidente da AROM, prefeito Laerte Gomes, explanou ao diretor do DER, Lúcio Mosquini, as necessidades dos municípios, solicitando que o recurso seja reajustado para R$ 30 milhões. A principal argumentação do gestor é sobre a extensa malha viária que os municípios têm no Estado. Mosquini declarou haver indisponibilidade para atender o pleito. O dirigente explicou aos prefeitos que a arrecadação do FITHA deste ano não alcançou o valor do ano anterior. Mas, em contrapartida, manteve o mesmo percentual, para não gerar prejuízos.
Em comprometimento com os municípios, o diretor do DER anunciou a autorização para o pagamento dos convênios de forma integral, sem parcelamento. Lúcio Mosquini entende que, por se tratar de um ano eleitoral, o período de execuções de obras é mais curto para as prefeituras. Dessa forma, conforme o dirigente do órgão, até o mês de junho, aqueles municípios que já estiverem devidamente habilitados, receberão a verba e poderão iniciar as ações de melhorias nas vias rurais e outros empreendimentos do setor.
Na oportunidade, o presidente da AROM também solicitou juntamente com os prefeitos presentes que os convênios que fossem celebrados com o DER e municípios via emenda parlamentar ou direto, sejam antecipados para o início do ano. O objetivo, na visão de Laerte, é dar tempo para que os gestores municipais procedam com o processo de licitação e iniciem as obras. Para ele o entendimento entre as prefeituras e o departamento é crucial para garantir agilidade na prestação do serviço.
Ao final da reunião, os prefeitos concordaram com a colocação do diretor do DER, que apresentou dados técnicos na discussão. “Os gestores elogiaram a postura de Mosquini, destacando sua atitude democrática em discutir o assunto de forma aberta. A reunião foi proveitosa porque tivemos a oportunidade de participar da definição dos valores destinados à melhorias nos municípios”, avaliou o presidente da AROM.
Participaram da reunião no gabinete do diretor geral, Lúcio Mosquini, o presidente da AROM, prefeito Laerte Gomes, de Alvorada do Oeste, Atalíbio Pegorini, de Guajará-Mirim, Kleber Calisto, de Cerejeiras e secretário geral da AROM, Charles Luiz, de Vane do Paraíso, Marcondes de Carvalho, de Parecis e Anedino da Farmácia, de Colorado do Oeste.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS