close

PROJETO - Telefônica quer estimular inovação tecnológica, empreendedorismo e reter talentos no Brasil

Foram prorrogadas até o dia 28 de outubro as inscrições para o Wayra Brasil, uma iniciativa que tem como principal objetivo identificar e reter talentos no Brasil e outros países da América Latina. O Wayra – vento no idioma quéchua – fornecerá recursos fi

DA REDAÇÃO

28 de Outubro de 2011 às 09:32

PROJETO - Telefônica quer estimular inovação tecnológica, empreendedorismo e reter talentos no Brasil

FOTO: (Divulgação)

Foram prorrogadas até o dia 28 de outubro as inscrições para o Wayra Brasil, uma iniciativa que tem como principal objetivo identificar e reter talentos no Brasil e outros países da América Latina. O Wayra – vento no idioma quéchua – fornecerá recursos financeiros, infraestrutura, apoio à gestão e as ferramentas necessárias para impulsionar o desenvolvimento de dez projetos a serem selecionados no País ainda em 2011.
“Muitos empreendedores deixam a América Latina para a Europa ou Estados Unidos porque não encontram apoio e recursos para desenvolver projetos em seus países de origem”, diz Antonio Carlos Valente, presidente da Telefônica Brasil. “Nossa expectativa é contribuir para reverter essa tendência e fixar talentos no continente para aumentar as chances de criação do maior número possível de ‘vales do silício’ em território latino-americano”. Inscrições até o final de outubro O Wayra está em andamento na Espanha, México, Colômbia e Argentina. Em todos esses foi recebido um grande número de projetos: na Argentina foram 900 e no Peru, quase 1.300.
As inscrições continuam abertas na Venezuela e no Brasil. “Por se tratar do país mais importante da América Latina, temos grandes expectativas em relação à qualidade e aplicabilidade dos projetos brasileiros”, afirma Valente. A empresa pretende investir na iniciativa em torno R$ 5 milhões no próximo ano, dependendo das características e especificidades dos projetos, incluídos recursos financeiros e todos os gastos com infra-estruturar.
As inscrições para a primeira convocatória podem ser feitas até 28 de outubro, gratuitamente, no site www.wayra.org. Um grupo de especialistas da Telefônica escolherá 30 finalistas que, na primeira quinzena de novembro, serão comunicados para que preparem as questões logísticas para a fase final, bem como a exposição de seus projetos na web. Entre US$ 30 e 70 mil para cada projeto A seleção dos projetos contemplados ocorrerá durante a Wayra Week, que começa em 22 de novembro.
Nessa ocasião, os 30 projetos pré-selecionados receberão apoio para a preparação de apresentações, que farão diante de um um júri composto por nomes consagrados do setor. O juri definirá as dez equipes, de até quatro empreendedores cada, que trabalharão nos seis meses posteriores em um espaço comum denominado “Academia Wayra”, que está sendo montado na cidade de São Paulo. 
Além das instalações físicas, mentoring e apoio tecnológico, os dez projetos selecionados receberão um financiamento de entre US$ 30 e 70 mil, dependendo do nível de maturidade e das necessidades do projeto. Como contrapartida, a Telefônica será sócia minoritária, com participação em torno de 10% do negócio resultante de cada um. Com isso a Telefônica contribuirá para que os empreendedores tenham todas as condições de serem bem-sucedidos em suas iniciativas.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS