close
logorovivo2

Ufam é a primeira sede de doutorado da Rede Bionorte

A professora Francisca da Luz Dias, coordenadora do CIFICE da FIMCA, informa que a Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (Rede Bionorte) aprovou junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) o doutorado em

DA REDAÇÃO

8 de Outubro de 2011 às 07:45

Ufam é a primeira sede de doutorado da Rede Bionorte

FOTO: (Divulgação)

A professora Francisca da Luz Dias, coordenadora do CIFICE da FIMCA, informa que a Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (Rede Bionorte) aprovou junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) o doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia com conceito quatro. Para 2012 devem ser oferecidas 50 vagas para qualificação no doutorado cuja sede inicial será na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), em Manaus.
As agências de fomento Capes e CNPq, em conjunto com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), vêm implementando ações em Rede, com o desenvolvimento de relevantes projetos de pesquisa e a implantação de programas de doutorado, tanto na região Norte quanto na região Centro-Oeste do Brasil.
A proposta do doutorado, que tem um foco regional de forma a integrar os estados da região Amazônica e também é multi-institucional e interdisciplinar, visa à conservação do bioma e o desenvolvimento de um setor industrial baseado na biodiversidade Amazônica. O Programa tem um corpo docente de 99 doutores (sendo 89 do quadro permanente e 10 colaboradores) de 18 Instituições dos nove estados da Amazônia Legal Brasileira. O fato de ser composto por instituições de vários estados implicará que sua sede seja itinerante, mudando de instituição a cada quatro anos.
Participam do programa de doutorado da Rede Bionorte a Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa), Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa), MPeg), Universidade Estadual do Amazonas (UEA), Uema, Unemat, as universidades federais do Acre (Ufac), do Amazonas (Ufam), do Maranhão (Ufma), de Mato Grosso (UFMT), do Pará (UFPA), de Rondônia (Unir), de Roraima (UFRR), de Tocantins (Ufto), do Amapá (Unifap), Rural da Amazônia (Ufra) e Centro Universitário do Maranhão (Uniceuma).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS