close

Polícia detém PMs que furtaram moto de loja na capital. Circuito interno ajudou investigação

Polícias Civil e Militar esclareceram furtos de motocicletas e prenderam no final da manhã desta segunda-feira (26) dois policiais militares envolvidos no roubo de uma moto de um comércio local. Gravação do circuito interno da loja ajudou investigação.

DA REDAÇÃO

26 de Setembro de 2011 às 13:50

Polícia detém PMs que furtaram moto de loja na capital. Circuito interno ajudou investigação

FOTO: (Divulgação)

Polícias Civil e Militar esclareceram furtos de motocicletas e prenderam no final da manhã desta segunda-feira (26) dois policiais militares envolvidos no roubo de uma moto de um comércio local.

Em uma entrevista coletiva, o delegado Swami Otto, titular da Delegacia de Furtos e Roubos, acompanhado do adjunto, Vitor Menezes, além do diretor da Polícia Civil, Ricardo Rodrigues, e Coronel Carlos, corregedor da PM, explicaram sobre a investigação que resultou na prisão dos agentes, que teve início com o furto de uma motocicleta Honda, modelo Fan/125cc, da empresa Rodão Motos, localizada na região central de Porto Velho.

Na ocasião apontaram como autor do furto um funcionário da loja, que, segundo os policiais, foi visto pelas imagens do circuito interno de segurança. Ele teve a participação de dois policiais militares, que estavam de serviço no dia, sendo eles: PM Marcelo Jordão e Cabo/PM Nilton Ribeiro dos Santos, os dois do 1º BPM.

O funcionário do Rodão chegou numa camionete Montana/Chevrolet na calçada da loja durante o dia, tirou a moto e uma viatura chegou, quando os dois policiais desceram e o ajudaram a colocar a moto na carroceria. Fugindo do local.

A moto acabou sendo recuperada em um sítio, onde ela seria desmontada e as peças vendidas de forma avulsa no comércio local. Diante das investigação os policiais militares foram autuados e presos, recolhidos ao Centro de Correição da Polícia Militar. O funcionário da loja se encontra foragido. Um mandado de prisao preventiva deve ser expedida nas próximas horas.

Segundo testemunhas o faturamento de peças da loja tinha caído, o que gerou suspeita de que esse mesmo funcionário estaria vendendo peças por fora. Até o momento somente uma moto foi recuperada, mas suspeita-se que outras motos tenham sido furtadas.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS