close

Servidores do IFRO em Porto Velho realizam paralisação por três dias

Servidores do IFRO em Porto Velho realizam paralisação por três dias

DA REDAÇÃO

19 de Agosto de 2011 às 10:13

Servidores do IFRO em Porto Velho realizam paralisação por três dias

FOTO: (Divulgação)

Em assembleia realizada no dia 16/08/2011, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia - Campus Porto Velho, os Professores e Técnicos Administrativos do Campus  Porto  Velho   e   da  Reitoria   decidiram paralisar suas atividades por três dias, (22, 23 e  24 de Agosto de 2011), no  intuito de chamar a atenção da sociedade local para as reivindicações abaixo elencadas:

 

 · Aumento do PIB da Educação de 2,89% para 10% do PIB Nacional;

 · Melhores condições de trabalho;

 · Repúdio à lei (PLP 549/09), que propõe o congelamento do salário do Servidor Público Federal por dez anos;

 · Repúdio à lei (PLP/ 248/98), que demite os Funcionários Públicos;

 · Abertura de novos concursos para a contratação de mais professores;

 · Reajuste emergencial de 14,67% (inflação. IPCA + variação do PIB);

 · Melhoria da qualidade no processo de expansão dos Institutos Federais;

 · Reestruturação dos planos de Carreira dos Técnicos e Professores da Rede Federal de Ensino;

 · Política salarial permanente com reposição inflacionária, valorização do salário base e incorporação das gratificações;

 · Cumprimento já da legislação sobre questões funcionais dos Servidores da Rede Federal de Ensino com a revogação das Instruções e Orientações Normativas em contrário;

 · Pela manutenção e ampliação de Concursos Públicos para Docentes e Técnicos Administrativos em Educação da Nossa Rede;

 · Contra a precarização da função Docente com o estabelecimento dos contratos temporários em substituição aos Professores/as Substitutos e para ocupação de vagas ociosas de Docentes do Quadro Permanente das Instituições Federais de Ensino;

 · 30 Horas Semanais para os Técnicos Administrativos de toda Rede Federal de Ensino;

 · Equiparação do Auxílio Alimentação dos Servidores da Rede Federal de Ensino com o Auxílio Alimentação dos Servidores do  Congresso Nacional, Judiciário e Tribunal de Contas, pelo maior valor;

 · Implantação de um GT, com a participação do MEC e SINASEFE, para discutir a normatização, concessão e valores dos seguintes benefícios;

 - Auxílio Saúde;

 - Auxílio Pré-Escolar;

 - Auxílio-Maternidade;

 · Também constam da nossa pauta de reivindicações os itens da pauta unificada protocolada pelas Entidades Representativas dos Servidores Federais:

 A) Contra qualquer forma que retire direitos dos trabalhadores;

 B) Regulamentação/Institucionalização da negociação coletiva no setor público e direito de greve irrestrito;

 C) Retirada dos PLs, MPs e Decretos contrários aos interesses dos servidores públicos (PL 549/09, PL 248/98, PL 92/07, MP 520/09 e demais proposições);

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS