close

Tecnologia via satélite do Sipam viabiliza recadastramento biométrico pelo TRE

Tecnologia via satélite do Sipam viabiliza recadastramento biométrico pelo TRE

DA REDAÇÃO

13 de Julho de 2011 às 08:49

Tecnologia via satélite do Sipam viabiliza recadastramento biométrico pelo TRE

FOTO: (Divulgação)

O recadastramento biométrico dos eleitores de Porto Velho, realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), passou a contar nesta terça-feira (12) com antenas cedidas pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) para transmissão dos dados via satélite. Duas antenas transportáveis, denominadas VSAT (Very small aperture terminal), foram utilizadas experimentalmente para cadastro das digitais dos servidores do Centro Regional do Sipam em Porto Velho e, a partir desta sexta-feira (15), irão viabilizar o trabalho dos técnicos do TRE em localidades sem acesso à internet, como o Baixo Madeira.
Segundo Marco Cabrera, analista judiciário do TRE, é imprescindível contar com internet nos postos itinerantes para consulta aos dados dos eleitores e envio das fotos, digitais e assinaturas para o TSE, em Brasília. Levar o serviço até o eleitor também garante que todos consigam se recadastrar. “Somente na sede do TRE recebemos diariamente 800 pessoas, fluxo que deve aumentar até o término do prazo, em maio de 2012”, conta Cabrera.
Para o servidor José Barbosa, o recadastramento no local de trabalho foi bem-vindo. “Facilita porque não temos que perder tempo em filas”, disse.
Antenas têm velocidade de banda larga
As antenas cedidas ao TRE fazem parte de um lote de 1.033 VSATs adquiridas em 2010 pelo Sipam para modernizar seu parque tecnológico. Oitenta unidades já foram instaladas pelo Centro Regional de Porto Velho em órgãos públicos e Terras Indígenas no Acre, sul do Amazonas, Rondônia e Mato Grosso, substituindo modelos antigos. Os novos equipamentos dão acesso à internet com velocidade de banda larga e melhoraram a qualidade da comunicação por voz, garantindo um salto de qualidade nas comunicações na região amazônica.  “Com as VSATs, o Sipam tem auxiliado os órgãos parceiros a cumprirem suas missões na Amazônia, sobretudo agora, que modernizamos nossa tecnologia”, revela o gerente regional, José Neumar da Silveira.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS