close

Oito dias de Ativismo Verde torna-se um marco na defesa do meio ambiente na Capital

8 dias de Ativismo Verde torna-se um marco na defesa do meio ambiente na Capital

DA REDAÇÃO

13 de Junho de 2011 às 08:26

Oito dias de Ativismo Verde torna-se um marco na defesa do meio ambiente na Capital

FOTO: (Divulgação)

 
Ativismo verde - Educação ambiental
Mais de 1200 pessoas compareceram ao Parque Natural de Porto Velho, no final da Avenida Rio Madeira, durante este domingo (12), no encerramento dos 8 dias de Ativismo Verde. Shows musicais com Cordas e Barros, Amazônia En’canto, teatro itinerante internacional, atividades recreativas e de aventura ao ar livre, trilhas, visitas guiadas ao viveiro e educação ambiental chamaram a atenção das famílias de Porto Velho que comparecem se mobilizaram em prol do nosso meio ambiente.

 

“O evento 8 dias de Ativismo Verde foi um marco para Porto Velho, nos mostrando que a população está engajada nessa causa e, com certeza, com este apoio, vamos conseguir melhorar nosso meio ambiente, agindo de forma a promover o desenvolvimento com sustentabilidade”, explicou José Carlos Gadelha, secretário municipal do Meio Ambiente (SEMA).

Durante todo dia, adultos, jovens, pais e filhos interagiram com a natureza e puderam ter um dia de lazer e conscientização. O Parque Natural de Porto Velho foi reaberto ao público no dia 29 de maio deste ano e atende a população de terça a sexta-feira das 9:00 às 14:00 horas e nos finais de semana e feriados das 9:00 às 17:00 horas. “Todos os domingos no Parque oferecemos atrações musicais, visitas guiadas e muito contato com a natureza”, lembrou o secretário José Gadelha.

 

De acordo com o secretário, os 8 dias de Ativismo Verde foi resultado de grandes parcerias que a Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA, firmou com

Ativismo Verde - Musica
instituições governamentais, privadas e de ensino e, principalmente, com a população, que participou ativamente de todos os eventos.

Campanha de Combate às Queimadas Urbanas de Porto Velho
Segundo informações do secretário José Gadelha, “Nossas ações não param por aí, até o final do ano estaremos realizando trabalhos de conscientização com a distribuição de materiais informativos, apresentação de vídeos, palestras e demais ações para atingir toda a Capital, desde órgãos públicos, escolas, associações de bairros até pit stop nas ruas”, esclareceu.

 

Com o tema: QUEIMADAS URBANAS: APAGUE ESSA IDEIA, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA) pretende realizar um grande trabalho de conscientização ambiental, diminuindo as queimadas urbanas e, conseqüentemente, o número de pessoas com problemas respiratórios que procuram os hospitais nos períodos de estiagem (seca).

As denúncias de queimadas podem ser feitas pela Linha Verde em Defesa do Meio Ambiente: 0800.647.1320. Também terá a fiscalização, com multas aos infratores que variam de R$ 2.320,50 até R$ 4 milhões. Queimar é Crime.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS