close

PAINEL POLÍTICO – Cai Alexandre Muller, Josenildo Nascimento e Vera Paixão - Por Alan Alex

PAINEL POLÍTICO – Cai Alexandre Muller, Josenildo Nascimento e Carla Ito - Por Alan Alex

DA REDAÇÃO

2 de Junho de 2011 às 16:37

PAINEL POLÍTICO – Cai Alexandre Muller, Josenildo Nascimento e Vera Paixão - Por Alan Alex

FOTO: (Divulgação)

Cadeiras
Orlando Ramires é o novo secretário de Saúde do Estado de Rondônia. Ele assume a pasta no lugar de Alexandre Muller, que desde que foi nomeado não mostrou a que veio. Há tempos que as relações entre Muller e seu adjunto, José Batista estavam azedas e essa mudança já era esperada. Orlando Ramires estava como assessor especial da Sesau. O decreto de exoneração de Muller seguiu nesta quinta-feira para o Diário Oficial. A posse de Ramires deve acontecer na segunda-feira, quando o governador retorna de Brasília.
Parêntese
Confúcio Moura está em Brasília e se reuniu nesta quinta-feira com a presidente Dilma Roussef para tratar de uma série de assuntos referentes à Rondônia. Entre os temas estaria a transposição.
Cadeiras
Outro que deixou o cargo, mas porque pediu para sair foi Josenildo Jacinto Nascimento, que era secretário-adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental. Rumores revelam que Josenildo “estava cansado da bagunça” e pediu exoneração. O governo estuda uma nova colocação para o ex-secretário. Em seu lugar assumiu Francisco Sales, que é engenheiro agrônomo e representava a SEDAM em Machadinho do Oeste.
Quase fora
Vicente Moura, também conhecido como Vicente Cambuquira, atual coordenador geral de apoio à governadoria, deve sair nas próximas semanas. Sua situação no cargo está insustentável e ele ainda não saiu por falta da definição do nome de seu substituto. Confúcio está com uma lista, mas ainda não fechou.
Outra
Vera Paixão secretária de Administração deve sair na próxima semana, quando Confúcio retornar de Brasília.
Dia de jogo
Dados da delegacia especializada em crimes contra a mulher revelam um dado curioso e preocupante, o número de agressões aumenta em dias de jogos de futebol, quartas e domingos. Ou seja, a mulher apanha se o time perde ou ganha.
Violência
Neste ano assistimos a diversos casos de violência contra a mulher e os agressores estão cada vez mais brutais. Eles chegaram a conclusão que é menos complicado responder por homicídio que por agressão. Em Vilhena uma jovem de 18 anos foi morta por um ex-namorado com seis tiros. Mais recentemente o Brasil ficou chocado com a sessão de tortura a qual uma adolescente de 16 anos foi submetida por seu companheiro, que está foragido. Ela morreu por complicações das mais de 12 horas de surra que levou.
Bebidas
Autoridades já identificaram que um dos fatores que mais influenciam na violência doméstica é o consumo de bebidas e aqui em Porto Velho foi encaminhado para a Câmara de Vereadores um projeto de autoria da Secretaria de Defesa, visando colocar limite nos horários de venda de bebidas alcoólicas nos pontos considerados mais complicados.
É certo
Que se depender apenas dos vereadores esse projeto dificilmente será aprovado. Mas entidades religiosas e ligadas à defesa das mulheres estão se organizando para pressionar e prometem fazer barulho. Se os vereadores acharam complicado lidar com os mototaxistas, imagine a zuada que vai ser quando reunirem-se pastores e mulheres na porta da Câmara pedindo a aprovação de tal projeto.
Menos vagas
O Ministério da Educação suspendeu cerca de 11 mil vagas de 136 cursos de direito que tiveram resultados insatisfatórios em avaliações da pasta. A medida, publicada no "Diário Oficial da União" desta quinta-feira, que receberam notas 1 e 2, em uma escala de 1 a 5, no CPC (Conceito Preliminar de Curso). Em Rondônia a FARO teve nota 1,51 e por isso vai sofrer redução na quantidade de vagas. A medida vale para o próximo vestibular da instituição e os alunos que estão matriculados e estudando não são afetados. A FARO pode recorrer ao MEC nos próximos 30 dias.
Atenção
Não recebe em hipótese alguma cédulas de Real manchadas de tinta rosa ou vermelha. Essas notas estão sem validade desde quarta-feira (01) e o Banco Central não vai ressarcir o dono do dinheiro danificado. É que como virou moda arrombar caixas eletrônicos e muitas cédulas danificadas pelo dispositivo de segurança continuavam em circulação e o sistema bancário não perde nunca, eles decidiram que o prejuízo deve ser repassado a quem recebe o dinheiro manchado.
Como agir
No caso de saque em terminal eletrônico, a pessoa que se deparar com uma cédula marcada deve retirar um extrato imediatamente para comprovar o saque e se dirigir ao banco para fazer a reclamação. Se a questão não for resolvida, ou se o saque for feito fora do expediente bancário, o cidadão deve registrar um boletim de ocorrência e apresentar os documentos à instituição financeira assim que possível para receber uma nota válida, segundo o Banco Central. A norma do BC só prevê ressarcimento para os bancos. Claro.
Golpe
Já que o assunto é segurança, vale lembrar que as instituições bancárias não enviam e-mail aos clientes. Diariamente PAINEL POLÍTICO recebe pelo menos três e-mails pedindo “atualização de segurança” de bancos como Santander, Bradesco e Caixa Econômica. Se você clicar para abrir esse e-mail, certamente seu computador será infectado por algum vírus. Entre em contato com seu banco e denuncie a fraude.
Registro
Nesta quinta-feira, 02, o jornalista Eliânio Nascimento, que também é advogado, completa 42 anos. Ele é editor do site Rondoniagora.com.
Fim do plástico
A Receita Federal informou que a partir da próxima segunda-feira (6) deixará de emitir o cartão CPF em formato plástico, e passará a emitir, somente, o comprovante de inscrição ou impresso a partir da página na internet. O comprovante é gerado na solicitação junto ao Banco do Brasil, Correios ou Caixa Econômica Federal. A Receita informou que órgãos públicos e empresas não devem solicitar ao cidadão a apresentação do cartão do CPF em formato plástico. A comprovação, segundo a Receita, pode ser feita por outros documentos, como carteira de identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, carteira de identidade profissional, carteiras funcionais emitidas por órgãos públicos, cartão magnético de movimentação de conta corrente bancária, talonário de cheque bancário ou outros documentos de acesso a serviços de saúde pública, de assistência social ou a serviços previdenciários, desde que conste neles o número de inscrição no CPF.
Chegando perto
Cientistas australianos do Instituto de Pesquisa Médica Garvan, em Sydney, conseguiram identificar uma molécula responsável por fazer com que o câncer de mama do tipo basal, um dos mais agressivos, cresça e se espalhe pelo organismo. A descoberta, que foi divulgada na publicação científica internacional Cancer Research, pode ajudar a desenvolver medicamentos capazes de diminuir o tumor, facilitando o tratamento da doença. O pesquisador Alex Swarbrick diz que encontrar um medicamento para este tipo de câncer é uma prioridade. O tumor do tipo basal tem células que se assemelham às células musculares normais da mama. E, segundo Swarbrick, não pode ser tratado com os mesmos medicamentos utilizados em outros casos de câncer de mama. As células do câncer, segundo o estudo, criam as condições para sua própria sobrevivência comunicando suas necessidades para as células saudáveis que as rodeiam. A molécula "porco-espinho", que tem esse nome por causa de sua aparência espinhosa, contribui com essa comunicação, transmitindo sinais bioquímicos entre as células cancerígenas e as saudáveis do organismo.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS