close

Singeperon faz reunião decisiva com Governo para discutir gratificação salarial e PCCS

Singeperon faz reunião decisiva com Governo para discutir gratificação salarial e PCCS

DA REDAÇÃO

17 de Maio de 2011 às 16:25

Singeperon faz reunião decisiva com Governo para discutir gratificação salarial e PCCS

FOTO: (Divulgação)

Governo se comprometeu a enviar o PCCS para aprovação da ALE-RO até agosto e pagamento de auxílios que chegam a 300 reais
 
Em reunião ocorrida no final da tarde desta segunda-feira (16) na Secretaria de Estado de Assuntos Estratégicos de Rondônia (Seae), o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado de Rondônia (Singeperon) e Governo discutiram sobre benefícios salariais reivindicados pela categoria e a aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS).
 
A Comissão do Singeperon, formada pelo presidente Anderson Pereira, o vice Jorge Gorayeb, o agente Maxilino Maia e os socioeducadores João Feitosa e Aurilúcio Cruz, esteve acompanhada pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Hermínio Coelho (PT) neste encontro junto ao Núcleo de Coordenação do Governo do Estado, por meio do Conselho de Gestão Estratégica, formado pelos secretários Benedito Alves (Sefin), Rui Vieira (Seae), Vera Paixão (Sead), Carla Ito (Sead), Avenilson Trindade (Seplan) e o secretário executivo do Conselho, Floriswaldo Alves.
 
O Governo propôs a implantação de uma gratificação no valor de R$ 300, referente ao auxílio-alimentação (R$ 150) e auxílio fardamento (R$ 150), o qual será analisado pelo Conselho de Gestão Estratégica, e caso aprovado, será submetido ao governador Confúcio Moura para pagamento já a partir de 01 de junho.
 
Anderson informou que a proposta esta abaixo do que foi deliberado pela categoria em Assembleia Extraordinária realizada no último dia 12, quando a secretária de Justiça, Mírian Spreáfico, respondeu à Pauta de Reivindicações e indicou pela criação de um abono cujo valor ficaria entre 500 e 1000 reais.
 
“A proposta aprovada na Assembleia foi de 750 reais e dificilmente os profissionais aceitarão esse valor”, alertou o presidente do Singeperon sobre a possível deflagração de greve que pode ser decidida já nesta quarta-feira (18) em nova Assembleia Geral Extraordinária do Sindicato.
 
Sobre o PCCS todos acordaram que o mesmo será encaminhado à ALE/RO até o último dia útil do mês de agosto, conforme foi deliberado pela categoria em Assembleia realizada no último dia 12, onde entrará em pauta no plenário para validação.
 
Na Ata que ficou registrada da reunião, o Conselho Estratégico estabeleceu que necessita de três dias para analisar os impactos financeiros e orçamentários dos pontos que os profissionais estão reivindicando. A resposta será dada em uma próxima reunião que ocorrerá na quinta-feira (19).
 
Os resultados da reunião serão analisados nesta Assembleia que tem início às 16h, e caso a classe decida pela greve, os agentes penitenciários de todo o estado devem paralisar as atividades a partir das 11h00 do dia 22 de maio.
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS