close
logorovivo2

"Medalha Marechal Rondon coroa administração de sucesso no JBC"

"Medalha Marechal Rondon coroa administração de sucesso no JBC"

DA REDAÇÃO

18 de Dezembro de 2010 às 10:25

"Medalha Marechal Rondon coroa administração de sucesso no JBC"

FOTO: (Divulgação)

A Medalha de Mérito Marechal Rondon para o Estado de Rondônia foi criada através de Projeto de Lei, de autoria do executivo estadual, e aprovada na Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia, para homenagear pessoas ou instituições nacionais e estrangeiras que tenham se destacado pela notoriedade do saber ou com relevantes serviços prestados ao Estado. Em 1982, foi instituída a Comenda que tem como seus ícones maiores a Cruz dos Templários, a Efígie de Rondon e o contorno estelar do Real Forte Príncipe da Beira. Essa tríade representa a fé, a coragem e a História, pilares sobre os quais se assentou o desenvolvimento e o progresso de Rondônia. Por quase três décadas, a Ordem do Mérito Marechal Rondon enalteceu com justiça todos os rondonienses que trabalharam com idoneidade, civismo, entusiasmo, otimismo e respeito ao próximo.      

Neste ano, o Diretor da Escola Estadual Professor João Bento da Costa – Sr. SUAMY VIVECANANDA LACERDA DE ABREU será um dos homenageados no próximo dia 22, sendo indicado por vários segmentos da sociedade que reconhecem o brilhante trabalho efetivado na área da Educação no Estado de Rondônia com a implantação do Projeto Terceirão na escola pública em sua administração fazendo a inclusão principalmente de alunos carentes da comunidade nas Universidades Federais do país e nas faculdades privadas através do PROUNI. "Um trabalho digno de respeito, por isso é justo receber a maior condecoração do Estado", avalia o diretor Suamy que já foi agraciado com diversos prêmios no decorrer de sua gestão naquela Instituição de Ensino. Ele afirmou ainda que espera que todo esse trabalho possa ter continuidade.  

O professor Suamy V.L. de Abreu mostrou de forma surpreendente junto com sua equipe de professores e funcionários que a diferença pode acontecer no âmbito das Escolas Públicas, pois em 08 (oito) anos à frente da Direção daquele Estabelecimento de Ensino, juntamente com a professora Elba Cerquinha,  encerram seus trabalhos em 2010 com uma média de 1.200 (um mil e duzentos) alunos aprovados para as Universidades Federais, principalmente a UNIR, Universidade Federal de Rondônia, e pelo PROUNI e também cerca de 1.500 estudantes contemplados com o FIES sem contar ainda "os feras" que serão aprovados neste ano, visto que os resultados do ENEM e do vestibular da Unir só sairão no final de janeiro/2011. "Esperamos para 2011 pelo menos 150 aprovações na Unir e uns 80 pelo PROUNI", sentenciou.

               

O professor Suamy ressaltou também que a Escola Professor João Bento da Costa se tornou referência em todo o Estado de Rondônia quando o assunto é aprovação dos alunos para a universidade pública. "Claro que não foi um trabalho isolado, o sucesso da 'melhor escola pública estadual do Brasil' é o resultado de um trabalho de equipe que vai desde os mais humildes funcionários até o corpo de professores da instituição", avaliou o diretor cujo desempenho gostaria de ver em outras escolas.

Suamy disse ainda que a educação pública precisa de incentivos para resgatar a auto-estima de professores e alunos. O trabalho desenvolvido na Escola João Bento da Costa nestes últimos anos demonstra que tudo é possível. "Nada está perdido; Com garra, vontade política, compromisso e determinação, a Educação, mesmo a pública, pode salvar Rondônia e o Brasil e foi isso que nós do Colégio JBC procuramos mostrar à sociedade", finalizou o diretor. Suamy se diz um vencedor e acredita que encerra sua administração com chave de ouro. "Não é frase feita", pois a missão foi cumprida.   

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS