close

Cafeicultores de São Miguel participam de dia de campo em unidade da Embrapa

Ação faz parte da agenda do projeto de cafeicultura desenvolvido por Sebrae e parceiros na região

DA REDAÇÃO

15 de Abril de 2010 às 09:31

Cafeicultores de São Miguel participam de dia de campo em unidade da Embrapa

FOTO: (Divulgação)

 

Ação faz parte da agenda do projeto de cafeicultura desenvolvido por Sebrae e parceiros na região

Um grupo de 23 cafeicultores do município de São Miguel do Guaporé, no Vale do Guaporé, em Rondônia, assistiu a palestras no campo experimental da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) em Ouro Preto do Oeste, na região central do Estado. Na ocasião, além de conhecerem fisicamente a estação, assistiram palestras sobre uma das principais culturas do campo brasileiro.

Entre eles, 15 participam ativamente do Projeto Cafeicultura Cacoal, mas todos assistiram a palestras esclarecedoras, além de conhecer na prática o potencial da cafeicultura rondoniense, explica Lucimar Antônio Lubiana Gonçalves, gestor do projeto de café do Sebrae/RO. A atividade ocorreu no último dia 13.
De acordo com Lucimar Gonçalves, os integrantes da delegação assistiram apresentações sobre sistemas de condução do cafeeiro, colheita, pós colheita e comercialização, com Gilvan de Oliveira Ferro, Bendito Alves e Mauro Sérgio Teodoro. Já o supervisor do campo experimental, João Maria Deocleciano, palestrou sobre sistemas de condução do cafeeiro, pragas e doenças.
Crescimento
A proposta do projeto é o aumento da produtividade e a melhoria da qualidade do café, fazendo com que os produtores tenham Acesso a informações que comprovam que o potencial produtivo das lavouras pode chegar a, aproximadamente, 80 sacas por hectare, conforme demonstrado pela unidade da Embrapa. “Os produtores podem puderam perceber que o fator fundamental para o aumento da produtividade das lavouras está diretamente ligado aos tratos culturais e manejo da lavoura”.
O técnico Sebrae/RO em Cacoal esclarece também que, para que se atingisse o objetivo da ação “foi indispensável o apoio de parceiros tanto institucionais como do projeto, como a prefeitura municipal e a Secretaria de Agricultura de São Miguel, além da Embrapa”.
Segundo Gonçalves, essa união de esforços fez com que o dia de campo fosse bastante produtivo, reconhecem Ângelo Fenali e Edson Alves de Freitas, respectivamente prefeito e secretário (Agricultura) de São Miguel do Guaporé. “Principalmente, porque as explicações foram dadas por técnicos altamente qualificados que de dispuseram para o grupo”.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS