close

Estado pronto para começar vacinação contra a Gripe Suína na segunda semana de março

Estado pronto para começar vacinação contra a Gripe Suína na segunda semana de março

DA REDAÇÃO

25 de Fevereiro de 2010 às 15:23

Estado pronto para começar vacinação contra a Gripe Suína na segunda semana de março

FOTO: (Divulgação)

De 8 de março a 7 de maio de 2010 acontece a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza A (H1N1), conhecida como Gripe Suína. Com 43 casos e dois óbitos confirmados em 2009, Rondônia tem como expectativa imunizar cerca de 510 mil pessoas durante o trabalho coordenado pelo Estado, por meio da Coordenação de Imunizações da Secretaria da Saúde (Sesau), e executado pelos municípios.
 
De acordo com a coordenadora estadual de Imunização, Elba Miranda, trata-se de uma ação estratégica do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde que será dividida em quatro etapas, cada uma destinada a um público específico. A primeira, que acontecerá de 8 a 19 de março, será voltada aos trabalhadores da área da saúde e indígenas; a segunda, de 22 de março a 2 de abril, será para todas as gestantes, crianças de seis meses a dois anos de idade e pessoas com doenças crônicas (pulmonar, cardiológica, entre outras); a terceira, de 5 a 23 de abril, terá como público alvo a população com idade de 20 a 29 anos; enquanto a quarta etapa, de 24 de abril a 7 de maio, abrangerá as pessoas com idade a partir de 60 anos.
 
A coordenadora Elba Miranda ressaltou que, como a etapa destinada aos idosos coincidirá com o período da campanha contra a gripe sazonal (simples), os sadios só tomarão a vacina contra esse tipo. Já os que têm doença crônica receberão as duas doses injetáveis. Ela confirmou que já chegaram ao Estado pelo menos 30 doses e as demais virão por etapas.
 
O secretário estadual da Saúde, Milton Moreira, chamou a atenção da população para que esteja atenta às datas. “Não percam a oportunidade de serem imunizadas gratuitamente, uma vez que sabemos que a prevenção evita uma série de transtornos e custa bem menos que o tratamento”, observou.
 
De acordo com a chefe do Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Hospitalar da Sesau, Larissa de Souza Carvalho, os dados sobre a Influenza A H1N1 são parciais e pelo menos três casos foram verificados em uma comunidade indígena do município de Guajará-Mirim.
 
Além da influenza, as novidades para este ano são as vacinas contra a meningite (que em Rondônia foram 76 casos e 13 óbitos registrados em 2009, com duas ocorrências registradas já em 2010) e a pneumonia, que previnem também contra a otite e sinusite. Com relação à primeira, Elba Miranda adiantou que a previsão é que seja realizada até o final de março, enquanto a vacinação contra a meningite deverá ocorrer no segundo semestre de 2010. “Ambas dependem de reuniões entre as equipes dos Estados e Ministério da Saúde para definição das estratégias”, revelou. 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS