close

Recuperação de cafezais é tema de Dia de Campo na TV

Alternativa para aumentar a produção sem a necessidade de abertura de novas áreas, a recuperação de cafezais por meio das tecnologias de condução da lavoura é tema do próximo Dia de Campo na TV, que será transmitido nesta sexta-feira, dia 8 de janeiro de

DA REDAÇÃO

6 de Janeiro de 2010 às 16:44

Recuperação de cafezais é tema de Dia de Campo na TV

FOTO: (Divulgação)

Alternativa para aumentar a produção sem a necessidade de abertura de novas áreas, a recuperação de cafezais por meio das tecnologias de condução da lavoura é tema do próximo Dia de Campo na TV, que será transmitido nesta sexta-feira, dia 8 de janeiro de 2010. O programa foi gravado no Estado de Rondônia, o segundo maior produtor de café conilon do Brasil. Especialistas mostram que tecnologias como poda, desbrota e adubação permitem a recuperação de lavouras empobrecidas e podem dobrar a produtividade média do Estado.
Supervisor do Campo Experimental de Ouro Preto do Oeste, área da Embrapa Rondônia localizada na região central do Estado, o engenheiro agrônomo João Maria Diocleciano mostra que muitas lavouras entram para as estatísticas oficiais como áreas produtivas, mas que na verdade estão abandonadas. Os cafeeiros continuam produzindo e são realizadas colheitas, mas a falta de tratos culturais reduz a produtividade a menos de um quarto do que seria possível com o uso das tecnologias.
Recuperar esses cafezais empobrecidos é uma alternativa para aumentar a produção sem abrir novas áreas. Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostram que a produtividade média no Estado de Rondônia foi de dez sacas por hectare na última safra. Para efeito de comparação, o maior produtor de café conilon do Brasil, o Espírito Santo, produz em média praticamente o dobro por hectare.
As medidas de recuperação a serem adotadas dependem da condição do cafezal. É preciso primeiro limpar a área e fazer uma análise de solo, para descobrir a concentração de nutrientes. É com base nos resultados dessa análise que serão feitas a correção de acidez e a adubação do solo.
O passo seguinte é avaliar a condição dos pés de café. Em casos extremos, o melhor a se fazer é replantar as mudas. Na maioria dos casos, no entanto, é possível fazer uma poda que pode ser radical – onde todos os ramos do cafeeiro são cortados – ou de produção, onde apenas alguns ramos são podados. Lavouras que produziam dez sacas por hectare podem produzir vinte, trinta ou mais, como mostram algumas unidades de observação do Governo do Estado de Rondônia.
O Dia de Campo na TV sobre Recuperação de Cafezais Empobrecidos é uma produção da Embrapa Rondônia e da Embrapa Informação Tecnológica, unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O programa será exibido às 9h30 horário de Brasília, dia 8 de janeiro de 2010, no Canal Rural, com reprise às 15h30. No domingo, dia 10, o programa será exibido a partir das 7h pela NBR (captada por cabo ou parabólica).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS