close

Governador concede primeira entrevista ao vivo do ano em rede para todo o Estado

Governador concede primeira entrevista ao vivo do ano em rede para todo o Estado

DA REDAÇÃO

2 de Janeiro de 2010 às 11:55

Governador concede primeira entrevista ao vivo do ano em rede para todo o Estado

FOTO: (Divulgação)

Na manhã deste sábado (02/01/2010), a partir das 8h30, o governador Ivo Cassol concedeu entrevista ao vivo, transmitida via satélite para todo o Estado de Rondônia pela TV Candelária e suas emissoras afiliadas. O programa especial foi conduzido por Léo Ladeia e Sérgio Mello, além de contar com a participação dos telespectadores com perguntas ao governador.
O programa, que estava programado para ter duração de uma hora, devido a grande quantidade de perguntas feitas pelos telespectadores, ganhou acréscimo de mais 20 minutos. “Nossa expectativa era conseguir fazer uma retrospectiva dos sete anos de governo de Ivo Cassol, além de atender as perguntas dos telespectadores. Conseguimos 20 minutos a mais para o programa, que teve ótima audiência em todo Estado, as pessoas não pararam de ligar. Um marco para nossa emissora”, disse Everton Leoni, diretor da TV Candelária.
Durante a entrevista, o governador Ivo Cassol fez uma retrospectiva de seus sete anos de governo, destacando as obras de construção e recapeamento de estradas, o Hospital Regional de Cacoal, que vai ser entregue este ano, depois de 18 anos com as obras paradas; o aeroporto de Cacoal; o anel viário de Ji-Paraná; as obras de saneamento básico da Capital, que teve investimento de R$ 181 milhões do Governo do Estado; o Centro Político Administrativo (CPA), que será entregue em março deste ano; o Teatro Estadual, enfim, o governador falou de mostrou as obras realizadas em todo o Estado. “É até difícil falar em apenas uma hora e vinte das ações que fizemos em sete anos. São obras nos quatro cantos do Estado de Rondônia. Interligamos todo o Estado com estradas asfaltadas, facilitando o escoamento da produção; implementamos projetos para dar suporte ao produtor rural; estamos realizando, em parceria com o Governo Federal as obras de água tratada em Porto Velho; ainda tem o CPA, o Teatro, obras grandiosas que serão entregues este ano para a população”, informou o governador.
Questionado sobre as relações comerciais com o país vizinho, o Peru, Cassol foi enfático. “Demos início a negociações com o Peru, para que pudéssemos estabelecer uma relação comercial rentável para os dois países. Na primeira visita que fizemos em maio, conheci de perto a realidade deles e as potencialidades. Agora, em dezembro, voltei, juntamente com o presidente Lula, para dar o ponta pé inicial de uma integração comercial Esse é o papel do Executivo, diminuir ou mesmo acabar com as barreiras comerciais para que o comércio possa ser feito de forma a beneficiar a todos. Estávamos de costas para o Peru, agora, já em 2010, posso dizer que vamos conseguir  de fato estreitar os laços comerciais”, destacou.
Após mostrar ações que promoveram o desenvolvimento de Rondônia nesses anos, Cassol fez um alerta. “Nós estamos buscando de todas as formas utilizar o dinheiro das compensações das usinas na Saúde, Infra-Estrutura, Educação, enfim, em todas as áreas. Mas é preciso que todos comecem a agir para que, com o fim da construção das usinas, não fique a ressaca. Para isso, é preciso trazer investimentos fixos para Rondônia, em especial para Porto Velho, como por exemplo a usina de Urucum, fazer o porto de Porto Velho como um centro de distribuição. E, claro, contar buscar meios de mudar a tributação, para que Rondônia também se beneficie da energia produzida aqui”, alertou.
No fim do programa, o governador agradeceu a participação dos telespectadores, desejou um 2010 cheio de paz e saúde a todos e fez um convite. “Quero deixar aqui meu carinho aos rondonienses que nos acompanham pela TV Candelária e avisar que ontem (1) estivemos em Ariquemes com o vice governador, levando o DJ Maluco e a banda Dejavú do Brasil. Hoje (2) estaremos com a caravana em Rolim de Moura, a partir das oito da noite e no domingo (3), em Vilhena.
 
 
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS