close
logorovivo2

Painel Político – (PT “quase” definiu candidato ao governo. A segurança que pegou mal)– Alan Alex

PT “quase” definiu candidato ao governo. A segurança que pegou mal

DA REDAÇÃO

19 de Novembro de 2009 às 17:47

Painel Político – (PT “quase” definiu candidato ao governo. A segurança que pegou mal)– Alan Alex

FOTO: (Divulgação)

O PT e as reuniões

Não é novidade para ninguém que o PT adora se reunir. Eles reúnem-se para tudo, qualquer decisão antes de ser tomada, passa por no mínimo, duas reuniões. Assim está sendo o dia da companheirada hoje (19) em Brasília. Logo cedo a direção do PT, além da senadora Fátima Cleide, o prefeito Roberto Sobrinho e o deputado federal Eduardo Valverde estiveram no Palácio do Planalto para começar a definir quem é o nome que vai disputar o governo em 2010. De lá, se reuniram no gabinete da senadora Fátima Cleide por toda a tarde e saíram agora a pouco.

Definição

De concreto mesmo só a certeza que Roberto Sobrinho não será o candidato. O consenso geral é que não é viável entregar um orçamento de R$ 1,8 bilhão nas mãos do PMDB em uma aventura que pode resultar em uma derrota retumbante. Trocar o certo pelo duvidoso, nem pensar. Se levarem em consideração as pesquisas, a candidata será Fátima Cleide, mas o partido perde menos se Valverde for o candidato. E é isso que deverá acontecer.

Porque

Fátima tem em mãos pesquisas que indicam ela com grandes chances de ser reeleita ao Senado. A rejeição ao nome da senadora só é grande em Porto Velho. No interior, Fátima tem um trabalho que gerou frutos positivos, como o apoio incondicional as APAEs. A pesquisa aponta ainda uma chance muito boa ao governo, principalmente em um eventual segundo turno. Mas o PT também precisa de representação em Brasília e se é possível cobrir os três cantos, melhor. O PT ficaria com uma senadora, um governador e administrando a Capital. Só falta combinar isso com o eleitorado, mas a estratégia é basicamente esta. E o nome definitivo sai até o fim de semana.

Emburrou

O prefeito Roberto Sobrinho que não está gostando muito desse arranjo. Ele vinha paquerando essa vaga desde sempre e está vendo seus planos irem para o ralo. Ele esperneou, ameaçou, mas não teve jeito, fica mesmo fora.

Posso até estar errado

Eu disse há várias colunas atrás que Fátima Cleide seria a candidata do PT ao Governo em 2010. Posso estar errado, mas os indicativos que tenho recebido apontam para isso. Por mais que Valverde possa ser o nome que traria menos prejuízo em uma derrota, o PT vai preferir apostar em um nome com mais chances.

Vem aí

O PT vai lançar para deputado estadual a secretária de educação de Porto Velho Epifânia Barbosa. Ela é o nome que terá o apoio do prefeito. Roberto vai apoiar ainda a candidatura de Israel Xavier para a Câmara Federal. Só para lembrar, Epifânia até hoje não explicou a história da camionete da Semed que foi parar na Bolívia. E Xavier foi acusado de ter participação direta na suposta fraude a licitação da Avenida Vieira Caúla.

Pegou mal

O assessor que deu a idéia ao governador de criar uma lei que lhe garante segurança da Polícia Militar por 8 anos após sair do cargo foi infeliz nessa. Pior ainda foi a desculpa dada por Marco Antônio Santi, assessor de comunicação do govermo de que “Cassol já sofreu ameaças de morte por ter denunciado políticos locais e depois que ele sair, com certeza a possibilidade de atentado é muito grande." Ivo Cassol é um dos homens mais ricos do País e certamente ele poderá pagar de seu próprio bolso sua segurança pessoal. O fato dele ter sido ameaçado enquanto estava no mandato, não é pretexto para que o contribuinte pague sua segurança. Se for assim, eu também quero.

Antipática

Além de ser descabida a medida é antipática e não poderia ter sido aprovada na Assembléia Legislativa. Em ano pré-eleitoral, esse é o tipo de marketing prejudial, sem contar que o assunto já está repercutindo na mídia nacional. Hora de repensar essa medida, ainda mais que o prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho  anda espalhando por aí que o principal problema do Estado é a segurança. Não que a opinião de Sobrinho valha algo nessa questão, o melhor mesmo é ignora-lo. Mas 10 policiais é mais que o contigente de PMs de muitos muncípios de Rondônia.

Cenário

Caso Expedito Júnior resolva ser candidato ao Senado novamente, em uma eventual dobradinha com Ivo Cassol, Valdir Raupp entraria na disputa ao governo. O senador peemedebista não quer amargar uma derrota para a dupla e vê com bons olhos essa possibilidade. Confúcio abriria mão de ser o candidato do PMDB.

Anti-propaganda

Na propaganda eleitoral do PTB aparecem na mesma imagem o ex-deputado federal cassado Roberto Jeferson, o ex-deputado federal acusado de fazer parte da máfia das sanguessugas Nilton Capixaba e o deputado estadual Kaká Mendonça. Preciso comentar alguma coisa?

Na rede

Confúcio Moura, prefeito de Ariquemes já aderiu ao Twitter, o microblog da internet que virou febre. Quem quiser seguir o prefeito, que agora é pré-candidato do PMDB ao governo do Estado, o endereço é www.twitter.com/confuciomoura

Falando nele

Confúcio Moura é o entrevistado do programa Painel Político desta quinta-feira. Já falando como pré-candidato, Moura avalia o atual cenário político e a participação do PMDB no processo eleitoral de 2010. Fala ainda sobre alguns planos que tem para o Estado, caso seja governador. No ar a partir do meio-dia e meia com reprise às 7h30min de sexta-feira, pelo canal 38 – RBRTV.

Sinal aberto

Para quem não sabe, o Canal 38 é aberto e pode ser assistido por qualquer televisor. Basta sintonizar pelo controle remoto. A emissora ainda não está sendo transmitida pela Viacabo, mas a direção já está em negociação para resolver esse problema.

Censuras

Em um documento do diretório nacional do PT, que será apresentado em uma conferência de comunicação organizada pelo governo, o partido defende o controle público dos meios de comunicação e a criação de mecanismos de sanção à imprensa. A Conferência Nacional de Comunicação, que vai acontecer em dezembro, tem como objetivo levantar propostas para nortear a elaboração de políticas públicas para o setor. A previsão é que participem representantes do governo, sociedade e empresas de comunicação. De acordo com O Globo, o PT também defende no documento mudanças no atual modelo de concessões que, segundo o texto, é “anacrônico, autoritário e privilegia grupos comerciais em detrimento da população”. Ontem, o advogado de Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedir a manutenção da decisão da Justiça de Brasília que impede o Estadão de publicar detalhes da Operação Boi Barrica, que investiga Sarney, o filho, e suas empresas. Um dia antes, o jornal também entrou no STF com pedido de anulação. (O Filtro). Rondônia também vai mandar representantes para esse debate, mas....tenho medo.

Na telinha

E não esqueçam. O Painel Político também está na tevê. No Canal 38 - RBRTV, de segunda a sexta-feira a partir das 12h30mine aos domingos especial com uma hora de duração com trechos das entrevistas da semana a partir do meio-dia e meia. Reprise dos programas às 7h30min da manhã.

Twitter

O Painel Político está no Twitter (www.twitter.com/painelpolitico). Lá, as novidades diárias da coluna e do programa. Também pode deixar recados. Nossa equipe acompanha as mensagens. É mais uma forma de interação.

Contatos

Contatos com a coluna e com o programa Painel Político podem ser feitos através do e-mail alan.alex@gmail.com ou pelo telefone 3229-8673. Agradecemos a todos os leitores e telespectadores a audiência tanto da coluna quanto do programa.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS