close
logorovivo2

Painel Político – (Bolivianos expulsam brasileiros. Destruição no aeroporto do Acre) – Alan Alex

Bolivianos expulsam brasileiros. Destruição no aeroporto do Acre

DA REDAÇÃO

27 de Outubro de 2009 às 17:54

Painel Político – (Bolivianos expulsam brasileiros. Destruição no aeroporto do Acre) – Alan Alex

FOTO: (Divulgação)

Expulsão

O Rondoniaovivo publicou hoje uma reportagem de Pualo Andreoli sobre a expulsão de brasileiros que extraem seringa e castanha em terras bolivianas por milícias do país vizinho. Os brasileiros viviam nessas terras há décadas, mas a reforma feita por Evo Morales acabou com o direito a propriedade, por parte de estrangeiros, em faixa de fronteira. Ocorre que o Governo Federal repassou U$ 10 milhões para que o governo boliviano usasse no assentamento e infra-estrutura para os brasileiros. Como por lá a corrução impera, o dinheiro virou fumaça e os extrativistas brasileiros estão sendo tratados como animais pelos “hermanos”.

Vizinhança

Com vizinhos assim, o Brasil não precisa de inimigos. A Bolívia, além de se destacar pelo narcotráfico e por administrações corruptas, também recepta veículos roubados do Brasil e ainda é o país que mais manda imigrantes ilegais para cá. Diariamente dezenas de bolivianos migram para São Paulo e outras cidades em busca de emprego. E se já não bastasse os ilegais bolivianos, eles ainda vendem documentos falsos para imigrantes ilegais chineses e coreanos.

Sem contrapartida

Os bolivianos ainda lotam os hospitais de fronteira, uma vez que a saúde na Bolívia é paga e aqui eles recebem tratamento pelo Sistema Único de Saúde. Também é comum as grávidas bolivianas virem ao Brasil para terem seus filhos e assim garantirem dupla cidadania. Em contrapartida a todos esses serviços, a Bolívia toma a Petrobrás, expulsa os brasileiros que vivem há décadas em seringais e de quebra ainda continua comprando carros e motos roubados no Brasil.

Portões abertos

A Base Aérea de Porto Velho abre seus portões no próximo sábado, 30, para a população da Capital. Na programação, shows com bandas locais, vôos panorâmicos, paraquedistas e as aeronaves que estarão sendo exibidas. Os helicópteros russos ainda não estarão por aqui, devem chegar em novembro ou dezembro. Quem levar 1kg de alimento não perecível vai estar concorrendo aos vôos panorâmicos. Quanto mais você levar, maior a chance de ganhar.

Outra

Já falei sobre isso, mas não custa relembrar. Os primeiro lote com três helicópteros (cada um pesa 12 toneladas) vai chegar a bordo de uma aeronave Antonov (um dos maiores do mundo). O avião vai sair da Rússia e vir direto para Porto Velho, sem escalas. Pode ser que muita gente se assuste quando o monstrão passar voando sobre a cidade. Mas esse Antonov decola fácil, diferente da candidatura do Cahúla. No total serão 12 aeronaves de combate que irão ficar em Porto Velho.

Falando em voar

No último dia 07 uma forte chuva causou destruição no aeroporto de Rio Branco (AC). Um avião que vinha de Cruzeiro do Sul teve dificuldades para pousar por causa do vendaval. Dois aviões de médio porte e dois de pequeno porte que encontravam-se no aeroporto foram danificados, deles um avião bi-motor virou. No mirante algumas pessoas que aguardavam chegada do voo ficaram feridas, os vidros não suportaram a força dos ventos e quebraram. Uma parte da cerca de contenção caiu, o telhado do aeroporto e dos dois hangares também foram danificados, o fornecimento de energia do aeroporto foi suspenso. O pesadelo durou cerca de 5 minutos. Quem estava por lá, disse que a coisa foi realmente assustadora.

Terras indígenas

A Fundação Nacional do Índio (Funai) prorrogou por três anos, a contar de hoje, a restrição ao direito de entrada, locomoção e permanência de pessoas estranhas aos quadros da Funai na Terra Indígena Tanaru, em Rondônia. A portaria está publicada no Diário Oficial da União. A terra, com pouco mais de 8 mil hectares, está localizada nos municípios de Chupinguaia, Corumbiara, Parecis e Pimenteiras D''Oeste. Só poderão entrar, se locomover e permanecer na área, por tempo determinado, pessoas autorizadas pela Coordenação-Geral de Índios Isolados (CGII). A restrição de ingresso não se aplica às Forças Armadas e policiais no cumprimento de suas funções institucionais. Ainda assim, o ingresso e a permanência delas na área deverá ser sempre acompanhada por funcionários da Funai.

Aniversário

Hoje, 27, é aniversário do presidente Lula. Natural de Garanhuns, no interior de Pernambuco, Lula é o sétimo de oito filhos de uma família pobre pernambucana que, no início dos anos 50, viajou por 13 dias em um caminhão "pau de arara" para São Paulo. Ex-engraxate, office-boy e tintureiro, Lula começou a vida sindical ainda na década de 60, compondo os quadros de diretoria no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema. Em 1978, após 10 anos sem greves operárias, Lula coordenou as primeiras paralisações no setor. No ano seguinte, 170 mil metalúrgicos pararam o ABC Paulista. Preso em abril de 1980, após liderar mais uma greve na região do ABC, o presidente Lula fez uma greve de fome de seis dias como forma de protesto.  Após três derrotas consecutivas na corrida presidencial pelo Palácio do Planalto, Lula foi eleito presidente da República em outubro de 2002 com quase 53 milhões de votos. Quatro anos depois, conquistou a reeleição com mais de 58 milhões de votos. De presente para Rondônia, Lula fez uma brindadeira sem-graça. Nos deu Roberto Sobrinho. Duas vezes.

Bandido mais perigoso, pena maior

Depois da notícia de que o governo pretende livrar da cadeia, com penas alternativas, os pequenos traficantes, agora fala-se em cortar benefícios e aumentar penas dos bandidos mais perigosos. A ideia é evitar que grandes traficantes possam passar com facilidade para o regime semiaberto. Quem conta sobre o projeto do governo é o ministro da Justiça, Tarso Genro, que afirma trabalhar em duas frentes: endurecer tanto a pena quanto as regras de progressão do regime. “O regime de progressão para presos do narcotráfico deveria ser muito menos liberal do que é. Estou trabalhando para mandar o projeto ao Congresso até o final do ano”, disse.

Desconto permanente

O governo estuda a possibilidade de reduzir permanentemente a tributação do setor de linha branca (geladeiras, fogões, máquinas de lavar). Não se sabe ainda qual seria o tamanho do desconto, mas o Ministério da Fazenda é simpático ao pedido dos varejistas. A discussão é paralela à da renovação do desconto do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na linha branca até o fim do ano ou janeiro de 2010. Para enfrentar a crise, o governo reduziu, em abril, o imposto para estimular o consumo. Deu certo. De lá para cá, o varejo vendeu o equivalente a uma vez e meia a receita obtida no Dia das Mães, a segunda melhor data de vendas depois do Natal. Grandes revendas de eletrodomésticos ampliaram, em média, em até 35% as quantidades vendidas entre maio e outubro deste ano na comparação com o mesmo período de 2008. Para renová-lo, no entanto, o governo pede contrapartidas aos lojistas. O ministro Guido Mantega quer mais contratações no setor e condições mais vantajosas para o consumidor.

Armas para bandidos

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) indicam que, de janeiro de 2007 a agosto deste ano, 754 fuzis, metralhadoras e submetralhadoras, entre elas 39 antiaéreas, foram apreendidas pela polícia do Rio de Janeiro, o que representa mais de 23 armas por mês. A Polícia Federal (PF) identificou 17 pontos pelos quais armas ilegais entram no Brasil, inclusive aquelas utilizadas por criminosos, como metralhadoras antiaéreas - capazes de derrubar um helicóptero. O armamento percorreria 2,5 mil km em rodovias no país, desde a fronteira até as favelas do Rio de Janeiro. Os principais pontos de entrada seriam a partir da Bolívia e do Paraguai, mas também envolveria Peru, Argentina e Uruguai. As rotas do tráfico de armas teriam passado a ser as mesmas do tráfico de drogas nos últimos anos. Entre elas, as mais conhecidas são a cidade de Corumbá (MS), com entrada de barco pela Bolívia; Foz do Iguaçu e Guaíra (PR), entrando pelo Paraguai e Rondônia, pela Bolívia. As armas chegam em carros de passeio, caminhonetes e ônibus de linhas regulares. A pessoa que conduz a carga levaria até 10 armas, que ficariam escondidas em compartimentos do veículo.

Mudança

E não esqueçam. O Painel Político também está na tevê. No Canal 38 - RBRTV, de segunda a sexta-feira a partir das 12h30min (voltamos ao horário normal) e aos domingos especial com uma hora de duração com trechos das entrevistas da semana a partir do meio-dia e meio. Reprise dos programas às 7h30min da manhã.

Twitter

O Painel Político está no Twitter (www.twitter.com/painelpolitico). Lá, as novidades diárias da coluna e do programa. Também pode deixar recados. Nossa equipe acompanha as mensagens. É mais uma forma de interação.

Contatos

Contatos com a coluna e com o programa Painel Político podem ser feitos através do e-mail alan.alex@gmail.com ou pelo telefone 3229-8673. Agradecemos a todos os leitores e telespectadores a audiência tanto da coluna quanto do programa.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS