close
logorovivo2

COMBATE À RAIVA - Idaron realiza atividades de educação sanitária em Ariquemes

COMBATE À RAIVA - Idaron realiza atividades de educação sanitária em Ariquemes

DA REDAÇÃO

30 de Setembro de 2009 às 15:36

COMBATE À RAIVA - Idaron realiza atividades de educação sanitária em Ariquemes

FOTO: (Divulgação)

Na última segunda-feira (28), foi comemorado o Dia Mundial de Combate à Raiva. Para celebrar a data e manter a doença distante do rebanho rondoniense, a supervisão regional da Idaron em Ariquemes (198 quilômetros de Porto Velho) realiza nesta semana uma série de atividades de educação sanitária naquele município. Servidores do órgão são responsáveis por ministrar palestras, reuniões e ir à entrevistas em programas de rádio e televisão, além de fazer vários pits stop em parceria com agentes de saúde e a Guarda Municipal de Ariquemes.
 
De acordo com Alencar Pedralli, supervisor regional da Idaron em Ariquemes, a participação dos moradores da cidade é muito importante. “É necessário que toda a população do município participe das blitzes e ouça com atenção as orientações dadas pelos servidores do órgão durante as participações em emissoras de rádio e televisão. Qualquer dúvida ou alteração em animais é só procurar qualquer escritório da Idaron”, disse ele.
 
RAIVA
 
A raiva é considerada uma das zoonoses (doenças que acometem humanos) que mais preocupam a Saúde Pública. Além da letalidade, não há cura, bem como pelo elevado custo social e econômico, principalmente ao agronegócio.
 
O mal é causado por um vírus que ataca bovinos, búfalos, cavalos, burros, mulas, ovelhas, suínos, cães e gatos e pode ser transmitida ao homem. O principal transmissor da raiva dos herbívoros é o morcego hematófago (que se alimenta de sangue) Desmodus rotundus, que ao morder os animais transmite o vírus presente em sua saliva.
 
O controle é feito com a vacinação anual de todos os animais. A imunização é feita em bichos acima de três meses de idade. Caso seja a primeira dose, o reforço acontece após 30 dias. Se a pessoa for mordida ou arranhada por algum animal com suspeita de infecção, deve procurar imediatamente o posto de saúde mais próximo de onde estiver. Qualquer informação ou denúncia pode ser feita pelo telefone 0800-704-9944.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS