close
logorovivo2

Dirertor do Detran encerra projeto "Trânsito - Uma questão de consciência"

Dirertor do Detran encerra projeto "Trânsito - Uma questão de consciência"

DA REDAÇÃO

26 de Maio de 2009 às 08:23

Dirertor do Detran encerra projeto "Trânsito - Uma questão de consciência"

FOTO: (Divulgação)

O diretor-geral do DETRAN, Joarez Jardim, esteve na última sexta-feira (22) no município de Colorado D’Oeste para o encerramento do projeto “Trânsito: uma questão de consciência”. O projeto é uma iniciativa da Coordenadoria de Educação de Trânsito do DETRAN, por meio da coordenadora regional do Cone Sul, Claudia Roberta Rosa e da idealizadora do projeto Aline Cássia Bortulozzi.

O município foi o primeiro a receber o projeto, que tem como objetivo incentivar a reflexão e a discussão sobre o trânsito a crianças do 1º ao 5º ano.  Neste município foram atendidos 317 alunos, das escolas municipal Getulio Vargas, da linha 06 do distrito de Colorado e da Escola Estadual Paulo de Assis Ribeiro.

De acordo com Roberta Rosa, o projeto constitui uma série de ações didático-pedagógicas contempladas para a educação para o trânsito. “Nosso objetivo não é formar futuros motoristas e sim, mostrar a sociedade de forma geral a importância de educar crianças e jovens”, falou na solenidade de encerramento.

Durante a cerimônia, que reuniu ainda imprensa e os pais de alunos do projeto, Jardim falou aos presentes. “Trânsito não é uma responsabilidade do diretor do DETRAN ou do governador Ivo Cassol e sim uma responsabilidade de todos nós. Nós rondonienses temos o compromisso com o trânsito do estado para deixarmos o topo do ranking em acidentes. E esse projeto é um acontecimento histórico, como as mais de 600 blitzes educativas que realizamos nestes oito meses frente ao DETRAN”, discursou. 

Estiveram presentes a solenidade entre outras autoridades, o chefe da CIRETRAN de Colorado, Edmilson Rodrigues, o representante da Seduc, Desidério Torrazio e o prefeito da cidade, Anedino Pereira Júnior.

 

Concurso de Cartazes

 

O curso é ministrado pelas coordenadoras de educação de trânsito que durante 15 dias se revezam entre duas escolas, uma municipal e outra estadual. Ao final do curso os alunos da rede de ensino recebem uma habilitação mirim, que os habilitam a ser agentes de trânsito mirim, como informa Aline Bortulozzi.

O projeto, que percorrerá o Cone Sul, ainda trás uma novidade: o concurso de cartazes entre as crianças que devem abordar o tema que dá nome ao projeto. “Os cartazes devem ser produzidos em cartolina ou papel cartão no tamanho 66x50 cm”, explicou Bortulozzi. No município de Colorado, a produção já começou. O resultado do concurso sai em novembro.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS