close
logorovivo2

Amazonas ganha seis novas reservas para proteger entorno de rodovia

Amazonas ganha seis novas reservas para proteger entorno de rodovia

DA REDAÇÃO

26 de Março de 2009 às 11:19

Amazonas ganha seis novas reservas para proteger entorno de rodovia

FOTO: (Divulgação)

O estado do Amazonas ganha  hoje (26), seis novas unidades de conservação que visam proteger o entorno da BR-319, rodovia federal que liga Porto Velho a Manaus. As áreas protegidas somam 23 mil quilômetros quadrados, o equivalente a cerca da metade do estado do Rio de Janeiro. As novas reservas fazem parte das exigências do Ministério do Meio Ambiente (MMA) para o licenciamento ambiental da BR-319. Em setembro, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, interrompeu o processo de licenciamento e exigiu que um grupo de trabalho apresentasse estudos para a implantação de reservas ao longo da estrada.


Construída durante o regime militar, a Manaus-Porto Velho tem quase metade de seus cerca de 880 quilômetros intransitáveis desde os anos 80. A recuperação está prevista no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), mas causa preocupação entre ambientalistas, pois poderia abrir um eixo de desmatamento em uma das áreas mais preservadas da Amazônia, a exemplo do que aconteceu no oeste do Pará com a criação da BR-163 (Cuiabá-Santarém), atualmente uma das regiões mais conturbadas no que se refere a desmatamento e disputas por terra.

Para conter o avanço da devastação, estão sendo criadas ao todo 28 unidades de conservação ao longo da BR-319 - 11 federais, 9 estaduais no Amazonas e 8 estaduais em Rondônia. A solenidade de lançamento das seis novas unidades de conservação está programada para acontecer nesta quinta-feira (25) no km 215 da BR-319. O governador do Amazonas, Eduardo Braga, vai assinar os decretos de criação no local. O Ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, também é esperado no evento.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS