close
logorovivo2

Projeto social deixa CAR por falta de incentivo

Projeto social deixa CAR por falta de incentivo

DA REDAÇÃO

7 de Março de 2009 às 11:04

Projeto social deixa CAR por falta de incentivo

FOTO: (Divulgação)

O Centro de Formação Técnica Fiovo Camaioni, mais conhecido como CAR (Clube Atlético Rondoniense) se transferirá para a cidade de Cacoal por falta de incentivos no município. Mais de 300 crianças deixarão de ser atendidas na escolinha de futebol.
 
Em três anos de funcionamento, o CAR, já formou mais de 1.200 crianças. Sendo que algumas foram apresentadas em diversos clubes de futebol para aproveitamento de seus talentos.
 
Atualmente a escola de futebol conta com 5 profissionais formados em educação física e atende 230 crianças, entre 6 a 15 anos de idade, que ficam aproximadamente 2 horas se exercitando e fora das ruas.
 
O centro é apoiado integralmente pela transportadora TSA e buscou na atual gestão municipal, do prefeito José Rover, apoio para manter o projeto que passa por dificuldades. Contudo, o dirigente do Atlético Rondoniense, João Delfino, disse que a prefeitura não poderia disponibilizar nenhum tipo de verba, pois as mesmas já tinham sido destinadas a outros projetos durante o ano de 2009.
 
João Delfino, ainda comentou, que quando falou sobre valores com a atual gestão foi lhe proposto um possível empenho estimativo no valor de R$ 2mil. O que segundo dirigente não seria sufiente para arcar com as despesas salarias dos profissionais contratados.
 
Em contrapartida, a prefeitura de Cacoal procurou o dirigente e ofereceu uma ajuda no valor de R$ 10mil, para que a escolinha fosse aberta em Cacoal.
 
Dentro de 20 a 25 dias, segundo João Delfino, o CAR se mudará para Cacoal para iniciar suas atividades e deixará o município de Vilhena, `... deixaremos Vilhena sem mágoas, porque necessitamos continuar o projeto, e sem verbas não é possível sustentar o CAR´, salientou
Delfino.
 
`A estrutura lá em Cacoal é excelente. Vamos levar nossos equipamentos e até nosso gramado para fazer um novo campo oficial lá", finalizou Delfino.
 
O Centro de Formação Técnica Fiovo Camaioni, que oferecia materias esportivos gratuitamente aos jovens participantes do projeto, bem como serviços de lavanderia e outros por menores, continuará em funcionamento por mais 20 dias em Vilhena, nos fundos da transportadora TSA.
 
Maiores informações pelo telefone: (69)3322-2298

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS