close

Notícias da região norte: Acre, Amazonas e Roraima

Notícias da região norte: Acre, Amazonas e Roraima

DA REDAÇÃO

31 de Outubro de 2008 às 07:43

Notícias da região norte: Acre, Amazonas e Roraima

FOTO: (Divulgação)

 Acre- Congresso no Acre discute uso racional de medicamentos na Amazônia

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), por meio da Gerência de Assistência Farmacêutica, realiza de 04 a 07 de novembro, o II Congresso de Assistência Farmacêutica da Amazônia Brasileira, no auditório da Firb/Faao, das 8 às 18h. No evento serão debatidas estratégias para o uso racional de medicamentos. 

Participam do evento representantes da Amazônia Legal e de outros Estados brasileiros, além de organizações nacionais e internacionais ligadas à saúde, Ministério da Saúde (MS), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), universidades federais e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), financiadora do evento.

O encontro é voltado aos profissionais de saúde das diversas áreas de atuação e tem como finalidade despertar um olhar criterioso para garantir o acesso aos medicamentos e a promoção do uso racional conforme a realidade do Estado, que é fundamental para a construção da Política Estadual de Medicamentos, que a cada congresso é aperfeiçoada.

Segundo a comissão organizadora, estimam-se aproximadamente 700 participantes de todo o Brasil. As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas pelo portal eletrônico da Sesacre, do Conselho Regional de Medicina e Conselho Regional e Federal de Farmácia.

Uso racional

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), "há uso racional quando pacientes recebem medicamentos apropriados para suas condições clínicas, em doses adequadas às suas necessidades individuais, por um período adequado e ao menor custo para si e para a comunidade". 

Para a gerente estadual de assistência farmacêutica, Dra. Rossana Freitas, no encontro será discutida e avaliada a qualidade da assistência farmacêutica no sistema de saúde, para identificar estratégias que garantam a prescrição racional dos medicamentos.

- É uma oportunidade de os profissionais de saúde, e demais interessados pelo tema, conhecer melhor o trabalho desenvolvido pela assistência farmacêutica, aprimorando assim a aquisição, distribuição e controle dos medicamentos -, declarou Freitas.

Programação

Haverá palestras, mesas redondas, cursos pré-congressos, conferências, debates, apresentações de banners com trabalhos científicos e oficinas com palestrantes do Acre e de outras localidades, nos quais devem ser avaliados os diversos aspectos relacionados à assistência farmacêutica como qualificação profissional, seleção, programação de aquisição, armazenamento, distribuição e transporte adequado de medicamentos, gerenciamento de estoques e utilização de formulários terapêuticos, protocolos e diretrizes de tratamento.

O evento encerra-se com a apresentação de uma carta, identificando os principais tópicos pertinentes ao tema na região, tratados durante o congresso.

Fonte: Agência Acre - NR  

Amazonas - Comissão indígena da ALE/AM debate alcoolismo no interior do Estado

O presidente da Comissão Permanente de Assuntos Indígenas da Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas, deputado José Lôbo (PCdoB) confirmou viagem oficial para os dias 5, 6 e 7 de novembro próximo.

O objetivo é verificar e debater in loco a situação alarmante que afeta os povos indígenas do município de Santa Izabel do Rio Negro.

O parlamentar levantará a problemática da "Influencia das drogas e do alcoolismo nas ocorrências de suicídios e tentativas entre jovens indígenas", cujos resultados estão dilacerando a dignidade e a cultura dos povos desta região.

Assessores da Comissão Permanente de Assuntos Indígenas da Assembléia estão mantendo contato com a prefeita de Santa Izabel do Rio Negro, Eliete Beleza, e autoridades constituídas do Governo do Estadual e Federal que operam na região.

A medida é para disponibilizar o suporte operacional do presidente da Comissão para que seja consolidado o objetivo da viagem oficial.

Sustentabilidade

José Lôbo defendeu a implementação de meios de produção que incluam as famílias indígenas num patamar de sustentabilidade digno, sob pena de "dizimação tácita" dos povos daquela região.

- Todavia, em face da complexidade que envolve tal iniciativa, requer-se, ao menos, como forma de mitigar a grave situação que cerca os indígenas, que a Funasa, juntamente com as demais entidades competentes, execute uma campanha maciça de prevenção ao alcoolismo e à toxicomania entre os indígenas, em caráter de urgência, no município de Santa Izabel do Rio Negro, concluiu José Lôbo.

Fonte: ALE/AM - JM  

 

Roraima- Comandante da PM de Roraima se mete em confusão em shopping de Brasília
O comandante da Polícia Militar de Roraima, coronel Márcio Santiago de Morais, 49 anos, foi detido na noite da última quarta-feira, 29 após protagonizar uma confusão que terminou em agressão a duas pessoas no shopping Pátio Brasil. Santiago urinava numa área pública no lado externo do shopping, quando o comerciante Paulo Rogério Luz Ferreira, 41 anos, reclamou de sua atitude. Insatisfeito com a abordagem, o coronel esmurrou o carro de Ferreira, que saiu do veículo para tirar satisfações.
Em visível estado de embriaguez, Santiago agrediu fisicamente Ferreira, que correu para o interior do shopping e foi seguido pelo coronel.
Santiago ainda se irritou com alguns curiosos que observaram o fato e desferiu um soco no rosto do funcionário público Ronaldo Fonseca Neves, 42 anos, que saía de uma faculdade.
Santiago e Neves foram encaminhados ao Instituto Médico Legal para exame de corpo de delito.

Congresso


O coronel Márcio Santiago está em Brasília para participar de um congresso. Ele vai responder pelos artigos 62 (embriaguez, apresentando risco à própria segurança e de outros) e 129 (lesão corporal) do Código Penal. No primeiro caso, a pena varia de 15 dias a três meses de prisão. No segundo, de três meses a um ano.

Antes de ser comandante da PM de Roraima, ele foi Chefe da Casa Militar do Governo do Estado de Roraima, comandante do Policiamento de Boa Vista, diretor da Academia de Polícia Integrada e secretário de Estado da Justiça e da Cidadania.

Fonte: Gilvan Costa

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS