close

Fonoaudiologia realiza triagem auditiva em caminhoneiros

Fonoaudiologia realiza triagem auditiva em caminhoneiros

DA REDAÇÃO

8 de Setembro de 2008 às 08:32

Fonoaudiologia realiza triagem auditiva em caminhoneiros

FOTO: (Divulgação)

A Faculdade São Lucas participou do III Comando de Saúde nas Rodovias, realizado no posto da Polícia Rodoviária Federal, através do curso de Fonoaudiologia que esteve desenvolvendo ações preventivas e diagnose auditiva. Os fonoaudiólogos Sírio de Nazaré e Vanessa Ribeiro, através do exame de Imitanciometria, que determina as condições da orelha média, atenderam os caminhoneiros durante toda a manhã. O objetivo desta ação foi atender a população que trabalha com ruído ambiental, como os motores de caminhão, considerados profissionais de risco à chamada Perda Auditiva Induzida por Ruído - PAIR. Após a avaliação auditiva, os participantes receberam orientações através de folder explicativo sobre saúde auditiva e encaminhamentos para tratamento especializado. A coordenadora da Clínica de Fonoaudiologia da São Lucas, Elisangela Hermes, também esteve presente no evento e observou que muitos exames apresentaram resultados alterados - indicativo de dano à audição. Esses dados revelam que o Fonoaudiólogo pode mudar a incidência da PAIR à medida que ações preventivas sejam oferecidas à população em geral. “A informação traz a conscientização sobre os cuidados diários que o trabalhador deve adotar, assim como mudanças de hábitos deletérios à saúde auditiva ocupacional”, observou Elisangela Hermes. Encontro com educadores Na quarta-feira, 5 de setembro, das 17h às 18h, na Escola 21 de Abril, o Curso de Fonoaudiologia da Faculdade São Lucas realizou palestra aos professores e equipe pedagógica com o tema “Voz bem cuidada, saúde preservada”. A fonoaudióloga ministrante Elisangela Hermes alertou os profissionais da voz – educadores – que medidas de higiene vocal contribuem para a longevidade vocal. A prática de aquecimento vocal, hidratação e pausas respiratórias são atributos fundamentais no cotidiano do professor. O projeto objetiva prevenir as chamadas “Disfonias”, ou seja, atipias na voz, que afastam o professor da sala de aula, causando danos de ordem biopsicossocial. Ao sentir alteração vocal por mais de 15 dias, consulte a equipe de saúde vocal: Fonoaudiólogo e/ou Otorrinolaringologista. A Clínica de Fonoaudiologia estará agendando os professores interessados em avaliação vocal pelo telefone 3211-8037.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS