close

Agentes apresentam carta que cita auto-mutilação de um preso no Urso Branco para simular violência - Veja fotos

Agentes apresentam carta que cita auto-mutilação de um preso no Urso Branco para simular violência - Veja fotos

DA REDAÇÃO

25 de Julho de 2008 às 16:37

Agentes apresentam carta que cita auto-mutilação de um preso no Urso Branco para simular violência - Veja fotos

FOTO: (Divulgação)

A Secretária de Assuntos Penitenciários de Rondônia (Seapen/RO) apresentou na tarde dessa quarta-feira (25) uma carta que foi recolhida por agentes penitenciários que trabalham na penitenciária José Mário Alves (Urso Branco). Conhecida na gíria das prisões como “bredeu”, a carta trocada entre os detentos, apresenta uma séria denúncia de que o motim ocorrido recentemente no local era falso, pois um dos presos havia se auto-mutilado - seguindo uma suposta orientação de seu advogado, que na carta é citado como José Augusto -, para culpar o ato aos agentes. Na carta é citado que nos dias de visitas, as mulheres dos presos eram orientadas a procurar a Vara de Execuções Penais para denunciar a suposta falsa violência sofrida pelo preso. Consta que a secretaria já havia determinado investigações de abuso no Urso Branco para apurar o que de fato estava ocorrendo no interior do presídio, que estava sob o comando de Ricardo Augusto dos Santos, diretor-geral do local. Ricardo e o diretor de segurança do Presídio, Hélio Pereira Cruz, foram afastados pelo juiz substituto da Vara de Execução Penal da Comarca de Porto Velho, Wanderley José Cardoso, em vista de depoimentos de três detentos e dois agentes penitenciários. A Seapen cumpriu a determinação do juiz e já afastou os diretores do presídio, mas a assessoria jurídica da Secretaria deve entrar com recurso pedindo a suspensão dessa decisão, pois o afastamento, segundo fonte da Secretaria, foi baseado sem prova nenhuma, apenas tendo como base os depoimentos, que foram citados na sentença do juiz como contraditórios diante do relatório apresentado.
A CARTA
Relacionado ao último motim ocorrido naquela instituição, no dia 09 desse mês, essa carta é uma das provas que remetem à falsa ação de que haveria abusos sofridos pelos presos por parte dos agentes penitenciários. Aponta um trecho da carta (que vai escrita seguindo a ortografia tosca) : “(...) e vamos falar que o diretor que espanco nois e o doutor Augusto falou se ter mais um espancamento aqui dos direitos a direção vai cair pois precizamos da força de vocês Zinho, nos vamos fazer as marca no corpo domingo quando for segunda-feira a nossa vizita vai lá no fórum falar pra promotoria e para o advogado que nos estamos todos espancados aqui e fala para as vizitas sair de lá só quando vir com eles (...)” Confira no álbum de fotos trechos da carta. *VEJA TAMBÉM: * Juiz afasta diretores do presídio Urso Branco * Diretor do presídio Urso Panda e advogado são presos pela Polícia Federal

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS