close

Comissão Eleitoral Independente do Congo conhece sistema de votação no TRE de Rondônia

Comissão Eleitoral Independente do Congo conhece sistema de votação no TRE de Rondônia

DA REDAÇÃO

16 de Maio de 2008 às 13:03

Comissão Eleitoral Independente do Congo conhece sistema de votação no TRE de Rondônia

FOTO: (Divulgação)

Membros da Comissão Eleitoral Independente do Congo (CEI) estarão nesta quarta-feira, a partir das 16 horas, na sede do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia, onde serão recepcionados pelo presidente do TRE/RO, desembargador Gabriel Marques de Carvalho, o vice-presidente em exercício desembargador Sansão Saldanha, juizes e servidores. A delegação vem conhecer melhor o sistema de votação eletrônica. A Comissão é composta por Apollinaire Muchulongo Malumalu, Presidente da Comissão Eleitoral Independente do Congo; Flavien Misoni, Diretor Nacional de Operações; Serge Mabulay, Coordenador da Área Técnica; Musavuli Simanga, Administrador de Redes do Centro Nacional da CEI; e Sylvestre Somo Mwaka, Assistente. Na sede do TRE, os membros da Comissão Eleitoral Independente do Congo conhecem a logística de transmissão de dados de localidades de difícil acesso e também o projeto de desenvolvimento de distribuição de urnas eletrônicas. A apresentação da logística será na sala de treinamento da Secretaria de Informática do TRE/RO.
JUIZA ACOMPANHIA
A comitiva é acompanhada pelo juíza de Direito de Rondônia, Sandra Aparecida Silvestre. A juíza de Rondônia retornou recentemente do Timor Leste, onde esteve como representante do Brasil e do Judiciário de Rondônia. A atuação da juiza na prestação jurisdicional no Timor Leste foi grande relevância para a reconstrução do País. Sandra Silvestre recebeu, no mês passado, a Comenda Ordem do Rio Branco, outorgada pelo Ministério das Relações Exteriores, no grau de Oficial, por sua bravura em missão internacional da ONU, como Observadora no processo eleitoral do Timor Leste.
CONGO
A República Democrática do Congo (sendo por vezes designado como Congo-Kinshasa para diferenciar do vizinho Congo-Brazzavile, tendo sido anteriormente conhecida como Zaire) é um dos maiores países de África, e o idioma oficial é o francês. A constituição de 2005, que entrou em vigor em fevereiro de 2006, prevê que a República Democrática do Congo venha a ser dividida, no prazo de 36 meses, em 25 províncias e uma cidade independente (Kinshasa).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS