close

Morte de novilha resulta na detecção de dois casos de raiva bovina em Itapuã - Imagem de alto impacto

Morte de novilha resulta na detecção de dois casos de raiva bovina em Itapuã - Imagem de alto impacto

DA REDAÇÃO

5 de Março de 2008 às 13:44

Morte de novilha resulta na detecção de dois casos de raiva bovina em Itapuã - Imagem de alto impacto

FOTO: (Divulgação)

Com a morte de uma novilha, a Unidade Local de Sanidade Animal e Vegetal do Idaron de Candeias do Jamari confirmou, em exame de laboratório, dois casos de raiva bovina em Itapuã D´Oeste. De acordo com Antônio Fortunato, chefe da Unidade, a doença é transmitida aos animais por morcegos desmodus rotundus, que se alimentam de sangue. Os casos foram detectados nas linhas Azul 01 e Azul 02 da cidade. “A obrigatoriedade do Idaron agora é vacinar todos os animais num raio de 12 km, a partir do foco”, explica Fortunato, informando que o cérebro do animal foi retirado para análise no laboratório Lanagro, em Pará, sendo incinerado em seguida. “A doença representa perda econômica para os pecuaristas, pois causa a morte dos animais infectados”, ressalta Fortunato, informando que o desmodus rotundus é o principal transmissor de raiva para o agado. “Todos os animais devem ser vacinados. Por isso estamos realizando palestras de conscientização na área rural, juntamente com a Polícia Militar Ambiental e Emater, englobando o projeto AEI Rural, com objetivo de orientar, informar, conscientizar e ajudar o homem do campo”, finaliza Fortunato. *VEJA TAMBÉM * Problemas na exportação de carne para Rússia estão superados, afirma ministro * Vacinação contra Aftosa encerra na próxima quinta(15)

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS