close
logorovivo2

Expedito Júnior entrega ao governador Resolução do Senado que suspende a dívida do Beron

Expedito Júnior entrega ao governador Resolução do Senado que suspende a dívida do Beron

DA REDAÇÃO

20 de Dezembro de 2007 às 13:45

Expedito Júnior entrega ao governador Resolução do Senado que suspende a dívida do Beron

FOTO: (Divulgação)

O senador Expedito Júnior (PR/RO) entregou no início da tarde desta quinta-feira (20) ao governador Ivo Cassol (sem partido), durante coletiva concedida no auditório da Infraero em Porto Velho, a Resolução nº 34 de 2007 do Senado Federal, em que determina a suspensão de todos os pagamentos de amortização e encargos relativos aos contratos firmados entre a União, o estado de Rondônia, o Banco do Estado de Rondônia (Beron) e da Rondônia Crédito Imobiliário S/A (Rondonpoup), firmado entre fevereiro de 1995 a agosto de 1998. O pagamento ficará suspenso até que as partes contratantes determinem o valor efetivo do saldo corrigido e aprovado pelo Poder Legislativo do Estado de Rondônia. O documento foi encaminhado pelo presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, ao governador Ivo Cassol e será publicado nos Diário do Senado Federal e Oficial da União, nesta sexta-feira (21), conforme consta no ofício assinado por Garibaldi Alves. Uma cópia do mesmo ofício foi encaminhada ao presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) e à ministra chefe da Casa Civil, Dilma Roussef. Expedito agradeceu em especial ao governador Ivo Cassol pela confiança que o chefe do executivo teve no seu trabalho. “O governador sempre pediu votos para mim afirmando à população que eu seria um senador que realmente lutaria pelos interesses do estado. Este é apenas um pedaço da resposta a confiança que foi depositada em mim”, falou o senador se dirigindo ao público e ao governador. O senador reforçou que o pedido de revisão e suspensão da dívida do Beron, que estava perdida no senado desde 2003, só aconteceu graças ao seu empenho, e aos apoios que buscou junto às lideranças de partido. “Se esse exemplo fosse seguido pelos demais senadores e também pelos deputados federais, com todo respeito que tenho por todos, se todos tivessem juntado as forças, buscando apoio dos líderes dos seus partidos, o caso da transposição dos servidores já teria sido resolvido”, citou Expedito. Júnior reafirmou que sua luta para o próximo ano será agilizar a votação da transposição dos servidores junto a Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ), e conseguir que o projeto seja corrigido nos moldes da transposição que já ocorreu, por exemplo, no quadros dos servidores do ex-território de Roraima. Expedito agradeceu o empenho recebido dos senadores Artur Virgílio (PSDB/AM) e principalmente de Jose Agripino (DEM/RN), que chegou a falar que se o caso Beron não fosse votado naquele dia (18), a DRU não seria votada também. Além do governador Ivo Cassol estiveram presentes na coletiva, alguns secretários estaduais, assessores, amigos e correligionários do governador e do senador Expedito, e também dos deputados estaduais, que suspenderam a sessão para recepcionar o senador. O saguão do aeroporto internacional Jorge Teixeira e também o auditório da Infraero ficaram lotados pelo público que foi recepcionar o senador que chegou esta manhã de Brasília, além de vários integrantes da imprensa. *VEJA TAMBÉM * Expedito Junior garante que próxima vitória será a transposição dos servidores * Cassol comemora decisão do Senado de suspender a dívida do Beron

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS