close
logorovivo2

Governo do Estado, prefeitura e faculdades se unem em expedição que atenderá ribeirinhos

Governo do Estado, prefeitura e faculdades se unem em expedição que atenderá ribeirinhos

DA REDAÇÃO

30 de Novembro de 2007 às 11:36

Governo do Estado, prefeitura e faculdades se unem em expedição que atenderá ribeirinhos

FOTO: (Divulgação)

* O Governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental, a Universidade de São Paulo, a Faculdade São Lucas e Prefeitura Municipal de Porto Velho, uniram-se mais uma vez em prol das necessidades dos ribeirinhos. *Nesse sentido estará sendo realizada no período de 01 a 16 de dezembro do corrente ano, a 9ª Expedição Científica nas áreas ribeirinhas do Rio Machado e Gleba do Rio Preto. *Este ano a expedição contará com uma equipe de 35 profissionais das áreas de medicina, enfermagem, biomedicina, odontologia e nutrição, que realizará atendimentos e ações preventivas junto à comunidade. *Conforme informou o Coordenador da Expedição Dr. Luiz Marcelo Aranha Camargo, especialista em infectologia, a equipe realizará uma investigação das condições de saúde bucal da população; verificação de ocorrência de doenças de Chagas (presença do HPV – vírus sexualmente transmitido, podendo provocar o câncer de útero na população feminina); prevalência de tuberculose; ocorrência de doenças raras na Amazônia, como a Capilaríase do fígado -hepatite causada por vermes, cujos os ovos estão presentes no fígado da paca e da cutia- e, a população ao se alimentar dos miúdos desses animais, acaba sendo contaminada. * Esse verme, de acordo com o Dr. Marcelo, é bem característico da região. Em ocasião anterior, foram examinados trezentos ribeirinhos e desses, noventa tiveram resultado positivo para esse tipo de verme, é um número alarmante, por esse motivo, é importante que os profissionais de saúde estejam sempre realizando esse trabalho no baixo madeira, como forma preventiva, além de informar a população à importância de cozinhar bem esses alimentos. * O Secretário da SEDAM Augustinho Pastore ressaltou a importância da realização da expedição para as comunidades do entorno das Unidades de Conservação, até como forma de incentivo da permanência dos mesmos no seu habitat natural. Essa iniciativa, resultado do instituto da parceria interinstitucional entre os diversos órgãos citados, vem possibilitar o atendimento dos ribeirinhos naquilo que lhes é mais necessário – o atendimento médico e distribuição de medicamentos - fator essencial para a sua permanência nessas áreas. *VEJA TAMBÉM: * Marquise desaba no centro de Porto Velho * Comissão arquiva denúncia de mensalinho contra vereadores de Porto Velho

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS