close
logorovivo2

Proposta salarial do governo não atende às reivindicações dos docentes da rede federal de ensino

Proposta salarial do governo não atende às reivindicações dos docentes da rede federal de ensino

DA REDAÇÃO

28 de Novembro de 2007 às 09:54

Proposta salarial do governo não atende às reivindicações dos docentes da rede federal de ensino

FOTO: (Divulgação)

Ao contrário do que a Secretaria de Educação Superior (SESU) do Ministério da Educação (MEC) divulgou ontem (26/10), a proposta salarial do governo para os docentes não compensa as perdas salariais de maneira uniforme e, em alguns casos, sequer repõe a inflação acumulada de 2006 e a inflação projetada para os anos de 2008 a 2010. O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN) esclarece que essa proposta ainda será analisada pelos docentes em assembléias gerais que serão realizadas nas universidades até esta sexta-feira 30. Depois, no dia 2 de dezembro, será discutida em reunião do Setor das Federais do ANDES-SN. Somente nos dias 5 e 6 de dezembro, o Sindicato apresentará as deliberações de sua base ao Ministério do Planejamento. Enquanto os docentes discutem a proposta que não atende às suas reivindicações, o governo divulga índices que não correspondem à realidade, confundindo reajuste com recomposição, desconsiderando o processo de negociação ainda em curso. O índice de "recomposição" de 69% divulgado pelo MEC só contemplaria, descontada a inflação, os professores aposentados da classe Associado que estivessem no nível 4 da tabela salarial, mesmo assim, daqui a seis anos, já que não existe nenhum professor em atividade ocupando essa posição na carreira. *VEJA TAMBÉM: * Governo busca acordo para indenizar vítimas do “Massacre de Corumbiara” * IV Congresso de Magistrados do Estado de Rondônia aborda o tema O juiz e a Sociedade

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS